Cidadeverde.com
Geral

Mulher é suspeita de aliciar menores para prostituição na Casa de Custódia

Imprimir

Foto: Izabella Pimentel/Cidadeverde.com

Uma mulher de 21 anos foi conduzida à Central de Flagrantes de Teresina suspeita de aliciar menores para prostituição na Casa de Custódia. O caso aconteceu  na última sexta-feira (18). Além da mulher, duas adolescentes de 17 anos  também foram conduzidas à delegacia

O Diretor de Inteligência da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), delegado Charles Pessoa, conta que a equipe do sistema prisional notou indícios da possível tentativa de aliciamento quando conferiu que as menores não tinham vínculo familiar com nenhum preso, nem autorização judicial para entrar no presídio. A maior de idade tentou burlar a fiscalização da unidade prisional, mas a ação foi frustrada.

"Temos que esclarecer que elas não chegaram a entrar porque a equipe notou indícios e elas logo foram conduzidas à Central" , disse o delegado. 

A suspeita da Sejus é que a maior de idade, de 21 anos, levaria as adolescentes para fazer programa com detentos do pavilhão onde o marido dela está preso.

Foto: Izabella Pimentel/Cidadeverde.com

"A maior já era visitante porque tem união estável com um preso. A tentativa foi durante uma visita social, mas há indícios que depois a intenção era de fazer visitas intimas", completa o diretor de inteligência.

Segundo informações apuradas pelo Cidadeverde.com a maior de idade nega o aliciamento. Nenhuma das  conduzidas chegaram a ser autuadas na delegacia. 

 

Flash Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Imprimir