Cidadeverde.com
Política

PT lança Fábio Novo como pré-candidato, após 7 anos sem disputar prefeitura

Imprimir
  • LRM_EXPORT_40367539963397_20191104_123720845.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40423301130931_20191104_123816607.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40469747058683_20191104_123903053.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40524178168168_20191104_123957484.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40555497934622_20191104_124028804.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40580447539555_20191104_124053753.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40614532004252_20191104_124127838.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40667923662227_20191104_124221229.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40705882184446_20191104_124259188.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40732103211173_20191104_124325409.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40766837937237_20191104_124400144.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • LRM_EXPORT_40996873999737_20191104_124750180.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

Após 7 anos sem lançar um nome para a Prefeitura de Teresina, o PT sai  unificado para as eleições 2020. Com a presença do governador Wellington Dias (PT), o deputado estadual, Fábio Novo, é o pré-candidato do partido a prefeito da capital.

O consenso só foi possível depois que o deputado, Franzé Silva, e o militante Júnior do MP3 retiraram as suas pré-candidaturas. Agora Fábio Novo inicia o processo de conversar com outros pré-candidatos da base.

A última candidatura do PT foi em 2012 quando Wellington Dias disputou a prefeitura de Teresina, tendo como vice Cícero Magalhães. 

"O PT teve muitas dificuldades nos últimos 30 anos. Eram escolhas que ficavam truncadas, que não ficavam bem resolvidas. Conseguimos dialogar e chegar ao entendimento. Não tem divisão no PT. Todos estão defendendo candidato próprio. Estou sensibilizado com Franzé e Júnior do MP3", destacou Fábio.

O deputado vai buscar o apoio de outros partidos da base aliada. 

"Temos outros partidos da base. Temos um pré-candidato que é secretário como o Fábio Abreu. O PT precisava resolver sua situação. Com isso, entendemos que ao unificar o partido, temos que buscar outros partidos para dialogar. Defendo que possamos chegar no segundo turno. E com isso os demais da base vão unificar. Vamos dialogar com os partidos que queiram conversar com o PT.  Sem restrições, obviamente que temos uma linha de política mais humana em áreas como educação e saúde. Sem discriminação, ouvindo todos. Sem discriminação", afirmou o secretário da Cultura.

O governador Wellington Dias disse que apesar de apoiar Fábio Novo vai respeitar os demais nomes da base.

Foto: Thiago Luis

"Fazemos com muito respeito a todos que fazem parte da base. Temos que esperar para saber o que vai acontecer. Quem sabe acontece uma unificação na base? É preciso esperar", disse o governador.

O presidente do PT, Assis Carvalho, destacou a União do partido e a participação do governador no processo. 

"Ficamos muito felizes que a unificação veio logo após a eleição do partido. O PT vai unido e Fábio Novo vai ser o próximo prefeito de Teresina", disse. 

Foto: Thiago Luis

 

Flash de Lídia Brito
[email protected]

Imprimir