Cidadeverde.com
Esporte

Chapecoense ganha do Ceará em casa e segue viva na luta contra o rebaixamento

Imprimir

A Chapecoense se manteve viva na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Ceará pelo placar de 1 a 0, em partida realizada neste domingo, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 33.ª rodada. O único gol do duelo foi marcado pelo atacante Everaldo, aos 36 minutos do segundo tempo.

Apesar da vitória, o time catarinense segue em situação delicada no torneio. A Chapecoense é a 19.ª e penúltima colocada com 25 pontos, contra 35 do Fluminense, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Já o Ceará perdeu a oportunidade de distanciar da degola. A equipe cearense segue com 36.

Chapecoense e Ceará fizeram um primeiro tempo movimentado. Com possibilidade de ser rebaixado nesta rodada, o time catarinense não demorou para tomar a iniciativa e criar as principais oportunidades de gol. Everaldo deu de calcanhar para Henrique Almeida, que tentou acionar Camilo na pequena área. Diogo Silva se adiantou e fez a defesa.

Thiago Galhardo e Bergson tentaram pelo lado do Ceará, mas sem serem eficaz. Já Fabinho, da entrada da área, obrigou João Ricardo fazer uma grande defesa. A resposta veio com Henrique Almeida, da pequena área. Diogo Silva segurou mais uma.

A Chapecoense ainda pressionou no final. Henrique Almeida recebeu dentro da área e rolou para Everaldo. O atacante chutou para defesa de Diogo Silva. O próprio Everaldo teve mais uma oportunidade, mas acabou a desperdiçando-a. Antes do apito final, Thiago Galhardo tentou de cabeça, mas jogou por cima.

O Ceará voltou para o segundo tempo mais ligado e chegou a ter um gol anulado pela arbitragem aos oito minutos. João Lucas fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Douglas deu carrinho preciso e impediu a finalização de Bergson, em posição irregular. A bola bateu na trave e voltou para Chico marcar, mas nada valeu.

Após o susto, a Chapecoense voltou a crescer na partida e foi pressionando o Ceará, que começou a administrar o resultado. Aos 36 minutos, Everaldo recebeu na entrada da área e chutou rasteiro para superar o goleiro Diogo Silva.

Os papéis se inverteram nos minutos finais. Enquanto a Chapecoense se postou de maneira mais defensiva, o Ceará saiu no desespero para o ataque. Na melhor chance do time cearense, Tiago Alves chutou para defesa de João Ricardo, assegurando o triunfo da equipe catarinense.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o São Paulo no domingo, às 19 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza. No mesmo dia e horário, a Chapecoense faz o duelo catarinense diante do Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 x 0 CEARÁ
CHAPECOENSE - João Ricardo; Renato (Eduardo), Douglas, Amaral e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Camilo (Gustavo Campanharo) e Vini Locatelli (Arthur Gomes); Roberto, Henrique Almeida e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.
CEARÁ - Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio (Eduardo Brock) e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Chico (Felippe Cardoso), Thiago Galhardo (Lima) e Felipe Baxola; Bergson. Técnico: Adilson Batista.
GOL - Everaldo, aos 36 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Bruno Pacheco (Chapecoense); Eduardo Brock (Ceará).
ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir