Cidadeverde.com
Geral

Metade da população do Piauí mora em cidades com museus, revela IBGE

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com

Uma grande parcela da população do Piauí ainda vive em municípios que não possuem museu. De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc) de 2018, apenas 51,7% da população piauiense mora em cidades que possuem museus. O levantamento também aponta que o acesso a teatros, cinemas e ao rádio no Piauí ainda é limitado. 

Nas cidades com museus, proporção do Piauí é a oitava menor do Brasil, ficando à frente apenas da Paraíba (49,8%), do Mato Grosso (47,9%), de Sergipe (44,9%), do Rio Grande do Norte (44,7%), do Pará (43,5%), do Tocantins (36,7%) e do Maranhão (27,9%). No Brasil, a média é de 67,8%.

O acesso a museus, teatros, cinemas e ao rádio no Piauí ainda é limitado. Dentre estes, o maior índice é de acesso ao rádio: 67,8% da população piauiense tem acesso à rádios locais na cidade onde residem. O índice é o quarto menor do Brasil, à frente apenas de Sergipe (67,5%), de Alagoas (65,8%) e da Paraíba (63,5%). A proporção está abaixo da média brasileira, em que 81,2% da população reside em municípios que possuem rádios, seja de frequência AM ou FM.

No tocante aos cinemas, o índice de pessoas que moram em municípios do Piauí que possuem pelo menos um é de 40,2%. Esse percentual é o quarto menor do Brasil, acima apenas da Paraíba (38,9%), Tocantins (29,7%) e Maranhão (24,3%). A média encontrada no país é de 60,1%. Um fato comum no acesso a todos esses aparelhos culturais no Piauí é que ele é maior entre mulheres, pessoas brancas, na faixa etária de 30 a 59 anos e entre aqueles com Ensino Superior Completo.

Valmir Mâcedo (Com informação do IBGE)
[email protected]

Imprimir