Cidadeverde.com
Política

Assembleia aprova orçamento de R$ 13 bilhões com protesto da oposição

Imprimir
  • votação_alepi-25.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-24.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-23.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-22.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-21.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-20.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-19.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-18.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-17.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-16.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-15.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • votação_alepi.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

A Assembleia Legislativa do Estado aprovou o projeto do orçamento de 2020. Os deputados limparam a pauta para o início do recesso parlamentar. 

A votação foi marcada por protesto da oposição. Os deputados Gustavo Neiva e Tereza Britto voltaram a protestar contra a emenda vetada que destinava mais 2 milhões para a Uespi. O deputado Franzé Silva reagiu e acusou a oposição de "jogar para a plateia". 

"Era uma emenda conjunta com a deputada Tereza Brito que queria melhorar os hospitais regionais. Em contrapartida, o Gabinete Militar que cuida do governador, da sua alimentação, das suas viagens e da sua segurança foi aumentado deste ano para o próximo em mais de 18%. São mais de R$ 4 milhões em valores nominais. A Uespi teve um decréscimo. O orçamento da Uespi diminuiu em cerca de 6% em mais de 16 milhões. E os hospitais ficaram com o mesmo orçamento. Vemos que a Uespi não é prioridade", destacou. 

Em 2019, o orçamento da Uespi foi de 271 milhões. Para 2020, o orçamento será de 255 milhões. 

O deputado Franzé Silva que foi relator do projeto contesta a oposição. O deputado diz que os parlamentares jogam para a plateia.

"A emenda da oposição é incorreta. O líder se absteve de votar sabendo do erro. Orçamento é feito de forma simples. Temos 970 mil para investir na Uespi que não foi investido. Em 2020, tem R$ 8 milhões para investir. Se não se executou cerca de R$ 1 milhão como vai se executar algo de R$ 8 milhões. O governo reconhece a necessidade da Uespi. Não havia sentido se colocar mais R$ 2 milhões quando não se executou o que se tinha. É preciso ter responsabilidade e não jogar para a plateia. Se a Uespi não conseguiu executar, é preciso se discutir com a gestão da universidade", afirmou Franzé. 

O orçamento previsto para 2020 será para R$ 13 milhões. A Casa entra de recesso amanhã e só retorna em fevereiro do próximo ano.

O líder do governo, Francisco Limma, diz que a oposição tenta confundir a opinião pública. 

"A oposição tem papel.importante. mas não pode apresentar informações equivocadas. Houve um aumento de 10.5 nos recursos para a Uespi. São 224 milhões para a instituição. Não podemos maquiar números", destacou.

Flash Lídia Brito
[email protected]
Imprimir