Cidadeverde.com
Geral

Vídeo mostra cadeirante sendo carregado para descer de estação de metrô em Teresina

Imprimir

A falta de acessibilidade no transporte público tem rendido reclamações por parte da população usuária de cadeira de rodas ou com dificuldades de locomoção. Um exemplo é a estação de metrô de Teresina. Um vídeo registrado por populares mostra o momento em que um usuário cadeirante é carregado para poder descer as escadas da estação que está com o elevador e a escada rolante sem funcionar.

“Pra que serve esse elevador? Vamos gravar, vamos denunciar”, diz uma mulher no vídeo. Segundo o presidente da Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina (Ascamte), Wilson Gomes, o elevador e a escada rolante só funcionaram normalmente nos primeiros meses da inauguração da estação.

“Esse vídeo nos deixa bastante preocupados. Estamos há mais de um ano solicitando do poder público que tome alguma providência e nada é feito. Isso é um ato discriminatório com as pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida. Há uma exclusão dessa população dos meios de transporte”, disse o cadeirante.

Segundo o presidente da associação, a falta de manutenção nas estruturas de acessibilidade fere a Lei 13.144, lei brasileira de inclusão. “As estações, os terminais todos têm de ser acessíveis. A gente não entende porque existe uma lei estadual, uma lei federal e ela não é cumprida”, reclama Wilson Gomes.

Ainda de acordo com a Ascamte, várias denúncias já foram registradas junto a 28° Promotoria do Ministério Público de Teresina sobre a ausência de acessibilidade. 

“Os terminais de integração da cidade. Há um desnivelamento entre a plataforma de embarque e os ônibus, cerca de 40 centímetros do piso à plataforma. Os cadeirantes tem que ser carregados nos braços da estação para dentro do ônibus”, relata Wilson Gomes. 

O presidente da Ascamte também aponta para a ausência de acessibilidade no Centro histórico de Teresina que não dispõe de passarelas entre as calçadas, o que dificulta a autonomia dos cadeirantes que precisam se locomover na região.

A Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP) informou que até esta sexta-feira (27) o elevador será consertado .

No início do mês, o Cidadeverde.com publicou uma reportagem especial sobre o descumprimento da Lei de Acessibilidade na capital

Nota CMTP

O Metrô de Teresina tem hoje na sua linha em operação 11 estações de passageiros, das quais 06 já conta com acessibilidade plena.  As demais estão sendo providenciado. A Estação Alberto Silva também tem acessibilidade na sua estrutura física, com elevador e escada rolante no projeto inicial. Entretanto com as constantes oscilações de energia na área central da cidade, esses equipamentos vem sendo afetados no seu funcionamento pleno. A empresa preocupada com o embarque/desembarque dos usuários com deficiência , está colocando em funcionamento, através do fabricante, o elevador. Os técnicos do fabricante estão trabalhando e fazendo os testes operacionais hoje  ( 27 ) até dia 30/12/ 19 e depois colocar disposição do público e no  próximo ano será providenciando um transformador para estabilizar a energia na estação e assim garantir o funcionamento pleno dos equipamentos, incluindo escada rolante.

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir