Cidadeverde.com
Política

Filiação de Sílvio ao PSD faz parte de projeto político que visa 2022

Imprimir

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O deputado Georgiano Neto afirma que o PSD deseja a filiação do ex-prefeito, Sílvio Mendes (sem partido), não só visando a disputa de 2020, mas também, a eleição estadual de 2022. Para o partido, Sílvio é um bom nome para disputa a eleição para prefeito de Teresina e poderia ser uma opção para disputar o Palácio de Karnak em 2022.

Na noite desta terça-feira (07), o presidente estadual do PSD, deputado Júlio César Lima, e o ex-prefeito Sílvio Mendes se reuniram. O parlamentar  reforçou o convite para que o ex-prefeito se filie ao partido.  

“Os dois conversaram e Júlio César reafirmou o convite, que já havia sido feito pela imprensa, para que o Dr. Sílvio Mendes se filie ao PSD. É um partido que cresce no Piauí graças à força do trabalho de lideranças e compromisso do partido. Sempre o pensamento no bem-estar da população. O prefeito Sílvio Mendes é um grande expoente da cidade. É uma pessoa que tem uma história de trabalho pelo Piauí. Todo partido deseja contar com ele, somando com ideias, e também, quem sabe, tendo seu nome colocado à disposição para as eleições municipais quanto para 2022”, afirmou Georgiano. 

Apesar do convite a Sílvio, Georgiano afirma que ainda é pré-candidato a prefeito. Segundo ele, se Sílvio aceitar o convite, o partido avaliará qual o melhor nome. 

“Desde o início do ano, o PSD se reuniu e escolheu nosso nome para representar o partido nas eleições de Teresina. Tivemos a oportunidade de ser reeleito como o deputado mais votado da história do Piauí. O trabalho que fazemos em Teresina e nos municípios que representamos nos credencia dentro do partido para assumir a pré-candidatura a prefeito. Nosso nome continua mantido e posto. Com a filiação o partido deve se reunir e reavaliar o cenário para saber quem tem as melhores condições de representar o PSD na disputa”, destaca.

Na Câmara de Vereadores, a proposta do partido é formar uma bancada forte. O PSD quer eleger cinco vereadores na capital. 

“Continuamos a todo favor. Das 44 vagas disponíveis para a chapa proporcional já temos 34 nomes. A expectativa é que até o final do mês e começo de fevereiro possamos concluir. Temos um projeto de eleger de 4 a 5 vereadores. Esse é o nosso propósito. Trabalhamos diariamente para viabilizar essa chapa proporcional. Aguardamos para viabilizar esse time”, destacou. 

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir