Cidadeverde.com
Geral

Canteiro de obra é implantado para início da revitalização do Canal do Mocambinho

Imprimir

Imagem: PMT

A empresa responsável pela obra está implantando o canteiro de obra na antiga sede da Associação de Moradores do bairro. A prefeitura ga o Canal do Mocambinho ganhará urbanização e melhorias em seu sistema de drenagem. Após a conclusão da obra, tanto a sede da associação como a praça serão revitalizadas.

Localizado na Avenida Freitas Neto, o canal será totalmente reconstruído, com a inclusão de cobertura em laje e definição de espaços para o escoamento da água no controle de enchentes. Além disso, contará com área de convivência, com cobertura em estrutura metálica e pergolado em madeira, inclusão de jardineiras, bancos, lixeiras, postes de iluminação, sinalização urbana e área de retorno para veículos.

Com recursos totais de aproximadamente 3 milhões de reais, oriundos de convênio com a Caixa Econômica, o projeto tem prazo de conclusão em 180 dias. A gerente de Obras e Serviços da SDU Centro Norte, Patrícia Santos, destaca que obra era um desejo antigo dos moradores do Mocambinho. “A requalificação do canal sempre foi bastante solicitada pelos moradores da região. Com a reforma, o risco de acidentes na Avenida Prefeito Freitas Neto será zerado. Afinal, o local se tornará um canteiro central, com laje, passeios, bancos, coberturas e iluminação”, enfatiza.

O canteiro será instalado na antiga sede da Associação de Moradores, que está sem utilização  e posteriormente também receberá revitalização. “A ideia de colocar o canteiro de obras na antiga associação é uma forma também de ocupar o espaço, que estava totalmente depredado. Após a conclusão da obra faremos também uma revitalização no local”, explica Patrícia.

Rômulo Marques, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto, destaca que a obra dará atenção especial aos pedestres. “O novo Canal priorizará a segurança e acessibilidade, com a presença de rampas e passeios para a melhor locomoção dos pedestres na avenida. Teremos seis áreas de convivência, com toda a estrutura para as pessoas terem momentos de lazer com todo conforto. A zona Norte vai ganhar mais um espaço totalmente acessível”, pontua.

Da redação
[email protected]

Imprimir