Cidadeverde.com
Política

91% das queixas são contra as duas maiores secretarias do PI

Imprimir

A Ouvidoria Geral do Estado divulgou hoje o balanço das atividades realizadas durante o ano de 2008. De acordo com as estatísticas, o órgão computou 1.163 manifestações, no ano passado. Destas, 122 (10%) foram pedidos de informação, 484 (44%) reclamações, 185 (16%) sugestões, 55 (3%) denúncias, 230 (20%) elogios e 87 (7%) outros.

Quanto à origem, 525 (45%) são da capital e 634 (22%) do interior e 4 de outros Estados.

Constatou-se que a maioria das manifestações foi proveniente de pessoas físicas, apenas uma foi proveniente de pessoa jurídica. Sendo 375 (32%) manifestações de servidores públicos, 341 (29%) não servidores e 447 (39%) não identificadas, oriundas das caixas de sugestões.

Do total de manifestações, 511 (44%) foram do sexo masculino, 607 (52%) do sexo feminino e 45 (4%) não identificados, oriundas das caixas de sugestões. Observa-se uma maior participação das mulheres, nesse período.

Sobre a forma de contato com a Ouvidoria, 252 (23%) foram realizadas através do telefone 0800, 821 (67%) pelas caixas de sugestões, 53 (5%) presenciais, 3 (1%) por fax, 26 (2%) pela internet e 8 (2%) por correspondência.

Por esfera de poder, a Ouvidoria registrou 1.068 (91%) manifestações relacionadas a órgãos estaduais, 89 (8%) referentes a Prefeituras e 6 (1%) relacionada a órgãos federais.

As manifestações apresentadas à Ouvidoria Geral dizem respeito, prioritariamente, às áreas da educação (melhoria das escolas de ensino médio), cumprimento da carga horária de trabalho pelos professores e professoras, prestação de contas dos gestores e gestoras de escolas, atendimento e agilidade de processos, etc.), da saúde (melhoria do atendimento nos hospitais), da Coordenadoria dos Direitos Humanos e da Juventude e Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo (emprego e profissionalização para os jovens), da Cultura (ações descentralizadas para o interior do Estado).

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tags:
Imprimir