Cidadeverde.com
Entretenimento

Dudu Camargo afirma ser alvo de golpe de mulher que o acusa de calote

Imprimir

Fotos: Reprodução/instagram/@dudu_camargooficial

O apresentador do SBT Dudu Camargo está sendo acusado de um suposto calote por Fabiana Martins dos Santos. A mulher recorreu à Justiça nos últimos dias porque teria prestado um serviço de revitalização na casa de Camargo, em São Paulo, e que este não cumpriu com o acordo -de que ele divulgaria a reforma em troca da execução do trabalho.

O advogado de Camargo, Iago Tavares, confirma que houve um acordo, feito na base da confiança e sem contrato, pelo qual o apresentador divulgaria o trabalho de Santos após a conclusão da obra. O serviço foi iniciado, mas não concluído, por isso, a divulgação não foi feita. "Não teria como ele ter feito a publicidade antes do término da obra, justamente porque a publicidade seria mostrar a obra feita", diz o advogado.

O motivo da interrupção da obra, diz o advogado, foi porque Fabiana Martins dos Santos teria começado a esconder gastos. Ela fazia compras, inclusive de alto custo, no nome de Camargo, sem o prévio consentimento dele. "O grande impasse ocorreu porque ela fez muitas compras sem a autorização dele, sem a permissão dele, e utilizando o nome dele, a credibilidade dele. Falava: 'Pode lançar isso em nome do Dudu, depois ele vai acertar', sem a ciência dele", diz Tavares.

Ele afirma que, para algumas compras, o apresentador deu consentimento. Nestes casos, ele mesmo pagava a mercadoria na loja ou nas entregas em casa. "E já aconteceu de ele enviar dinheiro via transferência bancária para a Fabiana, para efetuar o apagamento, mas sempre com autorização dele."

"Começaram a chegar boletos lá de coisas que ele não estava ciente. Ela começou a fazer compras sem a anuência dele. Tanto é que quando ele descobriu, ele pediu para parar tudo", acrescenta. "As compras por ele autorizada foram devidamente pagas."

Tavares diz não ter encontrado o registro de Fabiana Martins dos Santos no CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), mas processos por inadimplência no Serasa. "Pesquisando a ficha dela, [vi que] ela tem muito processo por inadimplência [...] Em todos, ela não apresenta defesa. Os credores tentam receber dela, sem sucesso. Um lojista inclusive puxou o estrato dela no Serasa e [ela] tem muito processo. Tem 8 cheques sem fundo, 23 protestos, 7 pendencias financeiras... É uma devedora."

Fabiana Martins dos Santos teria conhecido Camargo através de um amigo em comum e, segundo o advogado, ela se apresentou como arquiteta, sugerindo fazer uma reforma em seu jardim. "Ele, num primeiro momento, não se interessou. Mas ela insistiu bastante. Disse: 'Você vai gastar pouquinho, eu não vou cobrar a mão de obra, apenas os materiais você vai comprando'. E aí, depois de muita insistência, ele acabou topando", disse o advogado.

Em conversa com um lojista, o advogado descobriu que, nas vezes em que Santos era questionada sobre as preferências de Dudu, ela afirmava que ele era uma "pessoa muito ocupada", e que a parte financeira dele era ela quem cuidava.

"Das pendências do Serasa dela, inclusive, tem coisas bem supérfluas. Por exemplo, R$ 1.000 de odontologia -talvez seja a lente de contato que colocou no dente-, tem viagem na CVC, coisas dispensáveis, que não necessitariam estar no Serasa porque são coisas que [pessoas] conseguem viver sem. Indica isso: uma pessoa que quis se aproveitar da imagem, da credibilidade do Dudu".
"Até agora, não tem nenhuma ação ajuizada de cobrança em relação a isso. Me parece até estranho que agora ela vá bater à porta do judiciário, preocupada com a imagem dela perante os fornecedores quando, na verdade, ela tem muitas ações de cobrança que não dá nenhuma satisfação."

Procurada, Fabiana Martins dos Santos não foi localizada para comentar o assunto até a publicação deste texto.

 

Fonte: Folha Press

Imprimir