Cidadeverde.com
Viver Bem

Qualidade de vida dos idosos deve ser reforçada na quarentena

Imprimir

Foto: Roberta Aline

Se já está difícil manter o isolamento social para crianças e jovens, imagina no caso dos idosos. Afinal, muitos estão acostumados a realizar diversas atividades fora de casa. Pesquisa publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 13% da população tem mais de 60 anos

Integrante do grupo de risco, a terceira idade precisa ter um cuidado maior para evitar o coronavírus. Por isso, algumas dicas são importantes para ajudar na proteção.

Dicas

Apesar do isolamento social, o primeiro conselho é tentar seguir a rotina. Manter horários para acordar e dormir, além de adaptar para a segurança do lar determinadas atividades realizadas anteriormente, como a caminhada.

Aliás, é possível encontrar na internet orientações para a prática de exercícios leves, como ioga e alongamento. Aqui, porém, é preciso um cuidado especial. Respeite as suas limitações e evite exageros. Em caso de dúvida, só comece a atividade após a liberação e orientação do médico.

Ler também é uma boa opção para manter a mente ocupada. Jogos de tabuleiro, palavras cruzadas, adivinhação e memória também a exercitar o cérebro.

É importante lembrar que a falta de rotina pode levar à exaustão, irritação, além de ansiedade e, em alguns casos, à depressão. Estar atento a essas condições é fundamental para manter a qualidade de vida e a saúde física e mental.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir