Cidadeverde.com
Últimas

Suspeito de tentativa de latrocínio contra policial foge da Central de Flagrantes

Imprimir

Um dos suspeitos de participar da tentativa de latrocínio contra o policial civil no sábado (20) conseguiu fugir da Central de Flagrante de Teresina, momentos depois da prisão na região do Promorar. 

O suspeito em questão fazia aniversário no dia do crime. Identificado como Gleydson, ele estava reunido com amigos pronto para iniciar a comemoração quando os policiais chegaram ao local dando voz de prisão.

Em nota, a Delegacia Geral  de Polícia Civil informa que, "após tomar conhecimento da fuga do preso, suspeito de atirar em um policial civil no dia 20/06/2020, custodiado na Central de Flagrantes de Teresina, determinou a apuração do fato por parte da Corregedoria Geral de Polícia Civil. Acrescenta que equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa-DHPP estão realizando diligências no sentido de recapturar o foragido".

Câmeras de segurança registraram o momento em que um policial civil é abordado por assaltantes e leva um tiro de arma de fogo. As vítimas - o policial e um amigo - saiam de casa, no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Sul de Teresina, quando a dupla de assaltantes chega em uma moto. Logo após o crime, os dois assaltantes foram identificados e presos.

Um dos assaltantes foi baleado na perna e capturado minutos depois em uma rua próxima. Com ele, populares e os policiais militares encontraram diversos celulares. Ele foi identificado como Edilson Ferreira dos Santos, conhecido como cebolinha, foi levado para o HUT (Hospital de Urgência de Teresina). 

 

Nota

A Delegacia Geral de Polícia Civil informa que, após tomar conhecimento da fuga do preso, suspeito de atirar em um policial civil no dia 20/06/2020, custodiado na Central de Flagrantes de Teresina, determinou a apuração do fato por parte da Corregedoria Geral de Polícia Civil. Acrescenta que equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa-DHPP estão realizando diligências no sentido de recapturar o foragido.

 

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir