Cidadeverde.com
Economia

Em Teresina, 11 mil trabalhadores retornam atividades na segunda-feira, dia 6

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com

Em videoconferência com jornalistas na tarde desta sexta-feira (3), a prefeitura de Teresina explicou os pontos do decreto que estabeleceu os protocolos de flexibilização das atividades econômicas que inicia na próxima segunda-feira (6). O prefeito Firmino Filho já assinou decreto estabelecendo as regras a serem seguidas por empresários, funcionários e clientes

O ex-secretário municipal e membro do comitê que implementa a reabertura, Washington Bonfim informou que a retomada inicial deve resultar na circulação de cerca de 11 mil pessoas já no primeiro dia e que haverá lockdown parcial nos dois finais de semana seguintes ao dia 6 de julho. 

A partir da segunda-feira, dia 6, poderão funcionar com 50% dos funcionários, quatro dias por semana (seis horas diária) e ocupação máxima de uma pessoa por 4 metros quadrados (cerca de 2 metros de distância):

1. produção Florestal

2. extração e fabricação de minerais não-metálicos

3. fabricação de bebidas, não estabelecidas no decreto nº 19.639/20

4. confecção de artigos do vestuário e acessórios

5. fabricação de produtos de madeira

6. fabricação de celulose, papel e produtos de papel, não estabelecidas no decreto 19.639/20

7. impressão e reprodução de gravações

8. fabricação de produtos de borracha e de material plástico

9. metalurgia e fabricação de produtos de metal exceto máquinas e equipamentos

10. fabricação de móveis

11. serviços de arquitetura e engenharia, testes e análises técnicas

Sexta-feira em funcionamento delivery com 50% dos funcionários com funcionamento 

1. comércio atacadista de madeira, ferragens, ferramentas, material elétrico e material de construção

2. comércio varejista de material de construção

Protocolo específico

1. construção de edifícios

2. obras de infraestruturas

3. serviços especializados para construção

A partir da segunda-feira, dia 13, poderão funcionar com 50% dos funcionários.

1. comércio de veículos automotores

2. manutenção de veículos automotores

3. representantes comerciais e agentes do comércio de motocicletas, peças e acessórios

4. atividades jurídicas, de contabilidade e de assessoria

5. atividades de teleatendimento 

Serviço delivery a partir do dia 13 de julho:

1. comércio de peças e acessórios para veículos automotores

2. comércio por atacado e varejo de peças e acessórios novos e usados para motocicletas e motonetas

Washington Bonfim diz que conta com o apoio da população e dos trabalhadores para a fiscalização do decreto. "Fiscalizar 22 mil estabelecimentos é muito difícil. Vamos contar com os consumidores funcionários e sociedade em geral", afirmou.

O número WhatsApp (86) 99438-0254 para denúncias é o da Guarda Municipal, já utilizado para denunciar quem descumpre a medida.

Testagem

Empresas que possuem acima 40 funcionários devem testar os trabalhadores com mais de 60 anos, com comorbidades ou com algum sintoma da covid-19.

Outras fases

A previsão de novas fases de flexibilização a cada 15 dias é um indicativo que será analisado. A data das demais fases, 2, 3 e 4 ainda não foram definidas. 

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir