Cidadeverde.com
Política

Major Diego pretende criar 100 mil empregos e Secretaria semelhante a ministério de Damares

Imprimir

O candidato do Patriota à prefeitura de Teresina, Major Diego Melo, defendeu nesta quinta-feira (24), durante sabatina na TV Cidade Verde, a implantação de escolas militares na capital do Piauí. Além desse modelo, o candidato quer ainda criar escolas de tempo integral. Para alavancar a economia, Diego Melo propõe um pacto com empreendedores e trabalhadores para gerar até 100 mil empregos no município.

"Nós propormos trazer as escolas oferecidas pelo governo federal, tanto do Exército, como do programa de escolas cívico-militares. Em Timon já começou e Teresina tem essa oportunidade. São escolas de excelência, públicas, que dão bons resultados, que os alunos ao término do ensino dessas escolas passam em concursos e no Enem. Não é essa mentira que estão fazendo com Teresina", afirmou.

Queremos fazer também escolas de tempo integral. Dar a essas crianças a oportunidade de, no 2º turno, ter reforço escolar, aprender inglês, artes maciais, esporte, e afastá-las dos criminosos. Educação é nosso futuro. Será a nossa maior prioridade.

O candidato demonstrou preocupação com a economia de Teresina e promete gerar até 100 mil empregos graças a um pacto entre a administração municipal e empreendedores.

Foto: Roberta Aline

"Queremos propor um pacto pela economia de Teresina. Uma aliança entre a prefeitura, empreendedores, trabalhadores e o povo de Teresina pra gente resgatar esses empregos e gerar pelo menos 100 mil empregos. Hoje, 96% do que Teresina consome vem de fora, é importado. Só se produz aqui 6%. Uma cidade que tem uma vocação para a agricultura, é uma terra entre rios. O prefeito de Teresina, a prefeitura, são o maior proprietário rural de Teresina. São mais de 60 mil hectares, nas mãos de Teresina que são terras improdutivas. Queremos atrair o agronegócio e aqueles que queiram produzir", declarou.

O candidato disse ainda que vai reduzir pela metade o número de secretarias e criar a da Família, que atuará, segundo ele, na mesma linha do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandando pela ministra Damares Alves.

"A gente propõe uma economia administrativa de R$ 300 milhões por ano. São 30 secretarias, entre elas tem a da Mulher. Ela tem uma previsão orçamentária de R$ 3,5 milhões, contudo, apenas R$ 2 mil está previsto pra investir. É um mero cabide de emprego. Teremos apenas 15 secretarias, sendo 6 de gestão e controle e 9 de políticas públicas (segurança, saúde, educação - família, direitos humanos e mulher, indústria e comércio, infraestrutura- habitação e transporte público - esporte e lazer - e cultura e turismo, além da agricultura e meio-ambiente.

Candidato contra os palácios

Eu apoio o presidente Bolsonaro com muito orgulho, sempre apoiei. Acredito que ele está fazendo o melhor pelo Brasil. Me orgulho tudo do que ele tem feito. Aqui no Piauí nós somos contra os 3 palácios, que fazem o teatro das tesouras e há muitos anos enganando a população.

Major da Polícia Militar, Diego Melo afirmou ainda que, se eleito, vai recriar o Ronda Cidadão e agrupá-lo à Guarda Municipal.

"Teresina está hoje em situação de guerra. Queremos retomar o Ronda Cidadão em Teresina. Fiz em 2010 e estava dando tudo certo, quando o Fábio Abreu e o governo acabaram. A Guarda Municipal é quem faria o Ronda Cidadão. Estaria em todos os bairros, vilas e na zona Rural. Queremos resgatar o guardião eletrônico e o monitoramento com câmeras de segurança em Teresina, expandido inicialmente para mil câmeras. Fazer um investimento na Guarda Municipal, um plano de cargos, carreiras e salários, fazer concurso público e valorizar. Parceria com as agências de segurança que trabalham em Teresina, como PM, Polícia Civil, PRF, PF, comprando inclusive as folgas desses policiais para a gente reforçar o policiamento", destacou.

Fábio Abreu

"Me afastei dele a partir do momento que ele vendeu o mandato de deputado para o governo do Estado. Ele se envolveu com a politicagem predominante e fez do seu mandato e da secretaria um palanque político, utilizando-se do dinheiro público para se promover.

A sabatina será realizada com todos os 13 candidatos e segue diariamente no Jornal do Piauí, na TV Cidade Verde, e ainda pela Rádio Cidade Verde, na frequência 93,5, ou pelo CVPlay. Nesta terça-feira (22), a entrevistada será a candidata Lourdes Melo, do PCO.

Participam da sabatina os jornalistas Joelson Giordani, apresentador do Jornal do Piauí e diretor de jornalismo da TV; Elivaldo Barbosa, colunista político que assina a coluna "Tempo Real"; Nadja Rodrigues, apresentadora da TV Cidade Verde; Yala Sena, editora-chefe do Cidadeverde.com e Lídia Brito, repórter e colunista política do portal. 

Assista a todas as sabatinas

Hérlon Moraes
[email protected]

  • pedro_laurentino-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-19.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-18.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-17.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-16.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-15.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • pedro_laurentino.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
Imprimir