Cidadeverde.com
Geral

Sem previsão de aula presencial, Prefeitura iniciará testes de Covid em alunos

Imprimir

Foto: FMS

A Prefeitura de Teresina decidiu fazer "uma pesquisa sorológica para investigar a presença de anticorpos do coronavírus" nos alunos e professores da Rede Municipal de Ensino. O anunciou ocorreu nesta segunda-feira (28).

A pesquisa não testará todos os alunos e professores, será apenas uma amostragem. A quantidade de alunos e professores a serem submetidos ao teste da Covid-19 não está definida. 

Mesmo com o anúncio dessa testagem, a Prefeitura de Teresina ressalta que as aulas presenciais permanecem suspensas, sem data oficial de retorno.  A Rede Municipal de Ensino está com aulas remotas. 

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) informou ao Cidadeverde.com que possui em seu quadro cerca de 92 mil alunos, mais de 4 mil professores e 313 unidades escolares. 

Para a Semec, "as informações por amostragem estatística serão importantes para a avaliação do cenário, com dados sobre a intensidade e a maneira com que ocorre a disseminação do novo coronavírus nesse grupo".

A secretária municipal de Educação, Kátia Dantas, antecipa que o "estudo será feito em duas etapas, monitorando de perto as condições de saúde dos nossos alunos e professores". 

O diretor e sócio do Instituto Opinar, Rodrigo Melo, explica que o instituto estuda como será  metodologia nessa amostragem em específico, pois terá como base a estrutura da Semec. 

Melo esclarece que nas pesquisas sorológicas anteriores, o instituto tinha como base a rede das Unidades Básicas de Saúde, que presta assistência à saúde da população em geral.  

Os dados das pesquisas de investigação sorológica de Teresina, que na semana passada chegou a 20ª edição, também analisou a faixa etária correspondente aos alunos a rede municipal, de até 14 anos, mas era uma amostra pequena diante da quantidade de pessoas testadas nas pesquisas.  

Melo ressalta que a Prefeitura de Teresina, a Secretaria Municipal de Educação e o Comitê de Operações Emergenciais deverão definir a melhor metodologia.

No momento, Melo destaca que o Instituto Opinar organiza as informações referentes a estrutura da Semec para que amostragem seja realizada. Ele explica que será estudada o quantitativo de alunos, de professores, de escolas, as unidades escolares presentes por zonas da cidade, quantas vezes os testes irão ocorrer, quais escolas irão participar da testagem, por exemplo. 

A testagem deverá ocorrer na própria escola.

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir