Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo derrota o Fortaleza de virada e se aproxima da liderança do Brasileirão

Imprimir

O São Paulo mais uma vez levou susto, mas venceu de virada. Como aconteceu em quatro dos últimos cinco jogos, a equipe tricolor reverter o placar e derrotou o Fortaleza por 3 a 2, em mais um grande duelo contra o time cearense. O destaque do jogo foi o atacante Luciano, que entrou no segundo tempo, fez dois gols e garantiu o triunfo.

Foto - Miguel Schincariol / saopaulofc.net

Com o resultado, o time de Fernando Diniz chega ao 11º jogo sem perder no Brasileirão e se aproxima ainda mais da parte de cima da tabela. O São Paulo venceu de virada quatro dos últimos cinco jogos - a exceção foi a vitória sobre o Flamengo, na quarta-feira passada. 

Com esquema ofensivo, São Paulo e Fortaleza têm protagonizado jogos com muitos gols. Nas últimas três partidas, foram 15 gols, além de 19 penalidades convertidas, na Copa do Brasil.

O primeiro tempo foi exatamente da forma com que tem acontecido nos últimos jogos do São Paulo. O time entra lento e leva o gol. David, logo aos 11 minutos de jogo, abriu o placar. A arbitragem levou pouco mais de três minutos para confirmar o gol.

A partir daí, o time paulista foi para cima. O São Paulo passou a ter mais a bola no pé e se aventurou ao ataque, mas o Fortaleza estava bem fechado. Era preciso alguém tentar uma jogada individual para criar uma chance e foi o que Rodrigo Nestor, uma das novidades do time, fez. O garoto partiu em velocidade e foi parado com uma falta frontal à área.

Daniel Alves e Gabriel Sara se prepararam para bater e o meia mais jovem acabou surpreendendo o goleiro Felipe Alves e bateu com estilo para deixar tudo igual, aos 40 minutos. O mais interessante no lance foi a forma com que Dani e Sara decidiram quem iria bater: eles tiraram no par ou ímpar.

Na etapa final, o jogo seguiu aberto. O Fortaleza marcou com David, mas o árbitro anulou a jogada. Em seguida, aos 15, Luciano, que havia acabado de entrar, fez o gol da virada tricolor. O Fortaleza não se intimidou e foi para cima até que, aos 28, Paulão cabeceou, Volpi fez grande defesa, mas no rebote, Wellington Paulista deixou tudo igual.

E no momento em que o Fortaleza estava melhor em campo, o São Paulo marcou de novo e garantiu o resultado positivo. Aos 35, Luciano, de novo, acertou uma bomba, garantiu a vitória tricolor e o time com a confiança ainda maior para seguir na temporada.

Por Daniel Batista
Estadão Conteúdo

Imprimir