Cidadeverde.com
Esporte

Após aglomeração em Piripiri, FFP solicitará reforço policial para próximos jogos do Piauiense

Imprimir

Foto: Enviada para Cidadeverde.com

Um dia após o registro de aglomerações nas arquibancadas da Arena Ytacoatiara, em Piripiri,durante partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Piauiense, entre 4 de Julho e River, a Federação de Futebol do Piauí (FFP) se manifestou sobre o episódio, afirmando que, afim de coibir novos episódios semelhantes, irá reforçar as medidas já adotadas e solicitará, junto a Polícia Militar, o aumento do efetivo policial dentro das praças esportivas.

Nesta terça-feira (01), durante o confronto entre o colorado e a equipe riverina, dezenas de pessoas foram vistas acompanhando a partida das arquibancadas do estádio, o que contraria as medidas sanitárias estabelecidas pelo poder público estadual e pelo protocolo estabelecido pela FFP, tendo em vista a pandemia da Covid-19.

Segundo o presidente da Federação de Futebol do Piauí Robert Brown, a entidade mantém o controle dos acessos principais de cada um dos estádios porém, o número reduzido de policiais a disposição, em especial no interior do estado, compromete a fiscalização. 

“Em Piripiri foi um caso atípico. Nós controlamos o acesso dos portões principais, mas devido ao pouco efetivo policial disponível durante as partidas realizadas no interior, temos dificuldade de controlar algumas invasões. É necessário que os torcedores também colaborem com o bom andamento do espetáculo”,comenta Brown.

Procurado pelo Cidadeverde.com o presidente do 4 de Julho, Gilberto Sales, reiterou que a responsabilidade sobre a organização da partida é da Federação de Futebol  do Piauí, cabendo ao clube apenas a responsabilidade sobre o quadro móvel, composto por gandulas, maqueiros  e ambulância. 

A cada clube é permitido o credenciamento de até 23 atletas, seis membros da comissão técnica, um chefe de delegação, dois roupeiros, três dirigentes, dois analistas de desempenho, dois membros da comunicação e três seguranças. Além disso, a FFP reserva aos clubes o direito de credenciar até 5 pessoas para cada jogo, escolhidas a critério de cada agremiação.  

As partidas válidas pelo Campeonato Piauiense ocorrem com portões fechados desde a retomada da competição, no dia 11 de novembro. A permanência no interior das praças esportivas é restrita a profissionais envolvidos nas partidas e condicionada ao credenciamento prévio junto à Federação. 

Pablo Cavalcante
redaçã[email protected]

Imprimir