Cidadeverde.com
Esporte

Após medalha, no Rio de Janeiro, Jiujitsuka piauiense mira Grand Slam em Abu Dhabi

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal

Uma chave americana de pé e a porta da vitória se abriu para Rafael Gomes. Foi com esse golpe que o Jiujitsuka piauiense se consagrou o grande campeão da categoria Master 2 (para atletas a partir dos 36 anos), Faixa Preta, até 94kg, da etapa do Rio de Janeiro do Abu Dhabi Grand Slan Jiu?Jitsu World Tour 2020?2021, no último domingo (6).

Com a vitória, o atleta do Piauí assumiu a terceira colocação no ranking mundial, em sua categoria, e se credenciou para disputar o World Pro Abu Dhabi 2021, maior torneio da modalidade e que será disputado na capital dos Emirados Árabes no próximo ano, mas ainda sem data confirmada.

“A sensação da vitória foi única. Um misto de sentimentos de alegria e felicidade. Depois de tanto esforço, tanta dificuldades para poder estar lá. Quando eu consegui finalizar o meu adversário, não consegui me conter e chorei de felicidade ainda no tatame”, comemora Rafael.

A caminhada até o título, no entanto, não foi fácil. Praticante da arte suave há 16 anos, sendo os últimos sete como professor, Rafael teve que ser criativo e buscar alternativas para conseguir angariar o dinheiro necessário e custear suas despesas no Rio de Janeiro.

 

 

 “Sem patrocínio, precisei recorrer a alternativas com as quais pudesse levantar esse dinheiro. Graças a deus, contei com a ajuda de amigos e pude, através de rifas, angariar o valor suficiente para minhas despesas durante os três dias de torneio”, explica.

O atleta piauiense mira agora a disputa do mundial em Abu Dahbi, mas para isso, uma luta ainda maior por recursos está a caminho. Atuando, atualmente, como motorista por aplicativo, nem mesmo o prêmio de 500 dólares, recebido após a vitória no Rio de Janeiro, garante a presença de Rafael na competição.

“Vou correr atrás tudo de novo. O dinheiro que entrou foi muito bem-vindo, mas tenho filho pra criar e isso é importante. Eu rodo como motorista de manhã, tarde e noite, de domingo a domingo, mas não vou desistir. Vou fazer rifa e tentar poder contar com a ajuda de amigos, novamente, se não surgirem patrocínios”, pontua. 

Rafael Gomes é nove vezes campeão piauiense e 10 vezes campeão Norte e Nordeste de Jiu Jitsu. Ele também coleciona uma terceira colocação no Panamericano da modalidade, em 2007.

Pablo Cavalcante
[email protected]

Imprimir