Cidadeverde.com
Esporte

Após se recuperar da Covid e perder companheiro de clube, técnico do Tiradentes volta a trabalhar

Imprimir

Foto: Dantércio Cardoso

Paulo Júnior voltou aos comandos do Tiradentes

O Tiradentes começou a semana com treinos intensos e coletivo apronto no clube do CFAP. A equipe entra em campo na quarta-feira (17) para enfrentar o Altos, às 15h30min, no estádio Felipão. A partida é válida pela 4ª rodada do Campeonato Piauiense. O jogo tem peso importante no grupo, pois será o primeiro do técnico Paulo Júnior à beira do gramado após a Covid-19 e também a perda do preparador de goleiros, Samuel Bezerra, que faleceu na última semana vítima da doença

“É muito bom poder receber o professor de volta aqui no elenco, sabemos da importância dele e tive oportunidade de trabalhar com ele ano passado e é um treinador que passa confiança e tudo de melhor para exercemos nosso trabalho dentro de campo”, disse o atacante Balotelli. 

Aos poucos a Covid-19 volta a se aproximar dos clubes piauienses. No último sábado (13) o Altos entrou em campo contra o Ceará pela Copa do Nordeste com quatro ausências; o zagueiro Leandro Amorim, os meias Juninho Arcanjo e Alex Mineiro e também o lateral Dudu Gago. Todos foram positivados para a doença e seguem isolados, sem sintomas. O cenário faz com que os atletas e comissão técnica do clube redobrem protocolos e rigidez interna. 

Foto: Dantécio Cardoso

Tiradentes entra em campo contra o Altos na quarta (17)

“Todo esse momento é muito difícil, eu estou retornando aos poucos as atividades, não com toda intensidade, mas de forma bem gradativa e hoje eu sinto necessidade de já estar no campo. A gente vai aqui (no Tiradentes) estão sendo alterados, pois a maioria dos atletas aqui terminam o treino vão para casa e voltam e precisamos ter a consciência desses rapazes que eles precisam se proteger, eles, a família e os companheiros aqui que convivem e vamos ter uma conversa duradoura quanto a esses protocolos e a diretoria também está cuidando disso”, explicou Paulo Júnior. 

Apesar disso, o time tenta focar no adversário e sabe do peso dessa partida. O Tiradentes tem dois jogos a menos a competição e está no meio da tabela, 6ª lugar, com quatro pontos e dependendo no desempenho pode mudar significativamente essa realidade. “Será uma partida complica pela qualidade do Altos e estamos trabalhando para surpreende-los”, acrescentou Balotelli. 

O Tiradentes vem de vitória em cima do River por 1 a 0, resultado que traz um novo gás para equipe que tenta driblar os problemas extra campo. A morte do preparador Samuel ainda ecoa, principalmente entre os atletas que trabalharam com ele em outros clubes, caso de Neto que o conhece desde as bases do Náutico. “Ficamos muito triste, pois eu conversava com ele pelo celular e a impressão é que estava se recuperando e demostrando evolução no quadro e infelizmente não conseguiu reverter e isso nos doeu demais, uma dor imensurável. Estamos realizando todos os protocolos e nos cuidando e vamos correr por ele todo esse decorrer de Campeonato (Piauiense)”, conta o goleiro. 

O Tiradentes não descarta a possibilidade de novos reforços, mas os atletas devem chegar no decorrer da semana. O jogo entre Altos e Tiradentes pelo Campeonato Piauiense será na quarta-feira (17), às 15h30min, no estádio Felipão, na cidade de Altos. 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

 

Imprimir