Cidadeverde.com
Geral

Piauí tem mais de 1.500 novos casos e mais 26 óbitos

Imprimir

Foto: Roberta Aline

O estado do Piauí registrou nas últimas 24 horas o total de 1.634 novos casos confirmados e mais 26 mortes devido a Covid-19. Entre as vítimas fatais somente seis vítimas não possuíam doenças preexistentes. Os números foram divulgados pela Sesapi na noite de hoje (14). 

Dos 1.634 casos confirmados da doença, 906 são mulheres e 728 são homens, com idades que variam de um a 101 anos. Doze mulheres e quatorze homens foram vítimas da Covid-19. 

Elas eram de Água Branca (84 anos), Beneditinos (67 anos), Campo Maior (78 anos), Coivaras (64 anos), José de Freitas (74 anos), Parnaíba (92 anos), Piracuruca (52 e 74 anos) e Teresina (52, 63, 66 e 70 anos). Os homens eram de Altos (74 anos), Bertolínia (81 anos), Dom Expedito Lopes (67 anos), Joaquim Pires (86 anos), Lagoa do Barro do Piauí (81 anos), Luís Correia (72 anos), Piracuruca (82 anos), Santo Inácio do Piauí (90 anos), São Braz do Piauí (50 anos) e Teresina (51, 57, 60, 61 e 63 anos). 

 Os casos confirmados no estado somam 223.251 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 4.659 e foram registrados em 219 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.325 ocupados, sendo 846 leitos clínicos, 433 UTIs e 46 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 13.237 até o dia 14 de abril de 2021.

A Sesapi estima que 217.267 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento médico. 

 

 

 

Campanha de vacinação 
 
O vacinômetro, ferramenta usada pelo governo para acompanhar a evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Piauí, aponta que 340.151 pessoas  receberam a primeira dose de vacina no estado e 88.412 a segunda dose do imunizante.

O Painel de Monitoramento da Vacinação contra a Covid-19 pode ser acessado através do site www.saude.pi.gov.br. Os dados são atualizados a cada 15 minutos a partir da inserção de registros no sistema de informação da campanha pelos estabelecimentos de saúde. 

 

 

 

 

Pâmella Maranhão com informações da Sesapi
[email protected]

 

Imprimir