Cidadeverde.com
Entretenimento

Orquestra Sinfônica de Teresina e Patrícia Mellodi divulgam música “Navegante”; assista clipe

Imprimir

 

Uma declaração de amor por Teresina. É assim que a canção Navegante pode ser definida. Uma colaboração entre o maestro Aurelio Melo, a cantora Patrícia Mellodi e a escritora e compositora Clara Mello, gravada à distância por conta da pandemia do coronavírus. 

A Orquestra Sinfônica de Teresina está com suas atividades presenciais suspensas desde o mês de fevereiro por conta do agravamento da pandemia em Teresina e para manter os músicos em atividade, vem gravando vídeos e postando nas redes sociais. 

Aurélio e Patricia voltam a trabalhar juntos após 30 anos, quando gravaram uma música do disco Teresina Canta Teresina no Rio de Janeiro. Emocionados e animados, eles enfrentaram o desafio de trabalhar à distância para mostrar e demonstrar o amor por Teresina. 

“Navegante conta uma história, e traz a hereditariedade e uma declaração de amor à Teresina, me dá a clara sensação de eternidade, de fazer arte com valores imperecíveis em melodia e afetividade”, disse Patrícia Mellodi.  

Foto: Marcelo Castello Branco

Já para o maestro, que tem 64 anos e aguarda ansioso o momento da vacinação, a gravação com os músicos da Orquestra é uma superação, uma vez que é preciso gravar individualmente, avaliar cada instrumento e deixar tudo em harmonia. “É muito difícil pegar 60 músicos, gravar cada um, é complicado, mas o resultado é gratificante, mas dá um trabalho muito grande. Mas precisamos nos superar pois o público sente a nossa falta, serve de aprendizado. A ideia vem desde o ano passado nas homenagens do aniversário da cidade. A Patrícia me mostrou uma composição dela com a filha Clara Mello mas não foi possível, então conseguimos concretizar esse ano e deu certo. Pra mim é  uma imensa satisfação pois admiro muito seu trabalho”, conta. 

A OST é mantida pela Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina com a ajuda da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

Foto: Ascom OST

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir