Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo estreia na Libertadores após "maratona" vitoriosa

Imprimir

O São Paulo estreia na Copa Libertadores da América nesta terça-feira (20), às 21h30, contra o Sporting Cristal, no estádio Nacional de Lima (Peru). O time tricolor chega embalado após ter alcançado uma semana perfeita, com 12 pontos em quatro rodadas do Campeonato Paulista.

Foto - Paulo Pinto / saopaulofc.net

No período em que venceu quatro adversários em sete dias, o São Paulo atendeu ao pedido de Hernán Crespo para mostrar intensidade em campo, tanto na marcação quanto na criação de jogadas -algo que, para o argentino, talvez seja mais importante ou, no mínimo, mais promissor do que os próprios resultados.

A busca pelo que o técnico chama de protagonismo passa pelo padrão de jogo adotado nos últimos compromissos. Mesmo com uma equipe reserva ou com poucas horas de descanso de uma partida para outra, a equipe manteve uma forma intensa de atuar. 

Os jogadores tiveram volume ofensivo e marcaram a saída de bola de seus adversários em todos os duelos - contra São Caetano, Red Bull Bragantino, Guarani e Palmeiras. O gol da vitória no Allianz Parque, aliás, só saiu por conta dessa pressão constante.

"Nós pedimos intensidade a todo instante dos jogos, a resposta é curta. Nós queremos intensidade por tudo, queremos ser protagonistas. Eu entendo o caminho dessa maneira e acredito que vocês viram o elenco completo. A identidade é a mesma, também com o time reserva", afirmou o técnico.

A intensidade apresentada em campo e os resultados positivos animaram Crespo na semana que antecede a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores: "A minha maior vitória é a dedicação dos atletas a cada treino e a cada jogo. 

O resto é consequência. Hoje, estamos falando de quatro vitórias. O meu modo de ver futebol não vai mudar. Eu acredito que os atletas fizeram algo extraordinário, somente pelo esforço. Não quero pensar no resultado. Somente pelo esforço, já merecem aplausos".

Em seus oito primeiros jogos à frente do São Paulo, Crespo obteve seis vitórias, um empate e uma derrota, com 20 gols marcados e seis sofridos. Com 19 pontos conquistados, a equipe apresenta repertório ofensivo e marcação que aparenta ser incansável. O técnico ainda tem recuperado atletas criticados e feito mudanças substanciais na equipe.

Para o primeiro jogo na Libertadores, o São Paulo deve ter o mesmo time que derrotou o Palmeiras na sexta-feira passada (16). Dessa forma, Daniel Alves atuará como ala pelo lado direito, enquanto o meio-campo terá o reforço de Luan ao lado de Rodrigo Nestor e Igor Gomes.

THIAGO FERNANDES
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir