Cidadeverde.com
Geral

Com projeto, DNIT vai acabar com 'lagoa' da Tabuleta na zona Sul

Imprimir
O superintendente no Piauí do Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes - DNIT -, Sebastião Ribeiro, apresentou nesta terça-feira (17) uma proposta para por fim à lagoa que se forma em todas as chuvas no balão da Tabuleta, trecho da BR-316 na zona sul de Teresina. A instalação de tomadas d'água poderá bombear a água do local permanentemente e custaria R$ 1 milhão. Quem deve, na visão do superintendente, pagar a conta das obras é o empresário do terreno onde a lagoa foi aterrada.
 

A proposta foi apresentada na audiência realizada na Assembléia Legislativa para discutir a duplicação da rodovia federal. Segundo Sebastião, o problema pode ser resolvido com a implantação de tomadas d'água para bombear o que fica acumulado e invade praticamente toda a pista no trecho. Ele informou que uma bomba já foi colocada no local para tentar diminuir o problema.

O dinheiro, na visão de Sebastião, deve sair do bolso do empresário que adquiriu o terreno, algo que ainda poderá ser discutido judicialmente. A área foi vendida para o proprietário de uma renovadora de pneus, que teria investido R$ 2 milhões no local de forma irregular.
 
 
Sebastião disse ao Cidadeverde.com que o empresário foi "mal assessorado" e tentou realizar obras sem licença regular e estudo de impacto ambiental. Além disso, deveria ter sido dado um espaço de 15 metros do terreno para a rodovia. Ele relatou que, sempre que são iniciadas obras no local, tanto o DNIT como a Polícia Rodoviária Federal embargam as ações. Hoje, duas liminares de juízes federais impedem qualquer atividade de ambos os lados.
 
 
Caroline Oliveira (flash)
Fábio Lima (da Redação)
Tags:
Imprimir