Cidadeverde.com
Últimas

Torcida e atletas do River se confrontam com pedras; diretoria diz estar tudo resolvido

Imprimir

Foto: Redes Sociais


Após a derrota por 3 a 2 para o Flamengo-PI pelo Campeonato Piauiense na tarde do último domingo (25), no Albertão a tarde e começo da noite da delegação que esteve na partida foi marcada por cenas lamentáveis. Membros da torcida organizada Esporão do Galo confrontaram os atletas do River, e os mesmo acabaram correspondendo e chegaram a jogar pedras uns nos outros. A cenas aconteceram mais de uma vez na tentativa do time de chegar até o CT Afrânio Nunes, local onde a maioria dos atletas residem. 

As situações de revolta por parte dos torcedores começaram ainda em frente ao estádio Albertão, onde eles se aglomeraram logo cedo, horas antes do jogo e ao final da partida com o resultado negativo houve dificuldade para que a delegação saísse do estádio. “Toda vez que tem jogo aqui do River, infelizmente tem esse problema com a torcida querendo protestar e até agredir os jogadores. A gente fica triste com essa situação. Uma torcida mal educada. Protestar pode, mas agredir jogador, quebrar patrimônio, bater em portão não pode”, disse o Major Hilton Sousa, responsável pela partida. De acordo com ele será feito um plano de policiamento para poder conter essa situação diferente em dias de jogos contra o River.

Algumas das imagens mostram jogadores descendo do ônibus e trocando pedradas com os membros da organizada. E vários moradores da região do bairro Porto Alegre filmando e até mesmo narrando as cenas. 

“A confusão está feita aqui no Bairro Porto Alegre. A torcida do River se revoltou com os jogadores e tentou quebrar tudo aqui”, descreve um morador. 

Em uma das cenas filmadas se nota os atletas ‘assustando’ alguns torcedores após serem parados a força. Em outro momento na frente do CT o motorista é obrigado a sair da rua de ré, pois vários membros da organizada TEG começam a lançar foguetes e rojões em direção ao ônibus. 

Na manhã desta segunda-feira (26) através da sua assessoria de comunicação o River afirmou lamentar todo o ocorrido, mas que após essa situação houve uma conversa entre atletas e membros da Esporão do Galo e que tudo foi resolvido de ‘forma ordeira’. 

VEJA NOTA NA INTEGRA: 


Nota de esclarecimento


Sobre os fatos ocorridos, no último domingo (25), após a derrota no clássico contra o Flamengo-PI, envolvendo torcedores e atletas, o River Atlético Clube esclarece que desde a saída do estádio, tomou as devidas providências para o embarque seguro de jogadores, comissão técnica e funcionários ao ônibus do Clube. 

A Direção do River entende que a manifestação dos torcedores ocorrida na porta do estádio é legítima, desde que fique na esfera do protesto verbal, sem atos que possam colocar em risco a integridade física dos profissionais do Clube ou seu patrimônio.

Os registros de má conduta de alguns, no Bairro Porto Alegre é lamentável e não condiz com a conduta defendida pelo Clube aos seus integrantes, mas entende também, que foi fruto da emoção daquele momento, do calor dos fatos.

Durante todo o episódio, a diretoria do Clube se manifestou atenta ao diálogo, buscando um entendimento.

Esclarecemos, ainda, que acalmados os ânimos, torcedores e atletas conversaram, no Centro de Treinamento e através do diálogo, sempre a melhor solução, colocaram seus pontos de vista sobre a situação e encerraram a questão de forma ordeira.

O River Atlético Clube reitera seu compromisso de zelar pela integridade de seus atletas, comissão técnica e funcionários, como também entende que o torcedor tem o direito de expressar seu sentimento, seja de alegria ou de insatisfação, sempre dentro da civilidade, com respeito.


River Atlético Clube

 

 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir