Cidadeverde.com
Esporte

PSG perde título do Francês para o Lille; Neymar desperdiça pênalti

Imprimir

O Paris Saint-Germain terminou neste domingo (23) uma conturbada temporada sem o título do Campeonato Francês. Detentor dos últimos três taças do nacional, o clube de Neymar até venceu o Brest por 2 a 0 fora de casa, mas viu o Lille superar o Angers por 2 a 1 e faturar o troféu do torneio.

É a primeira vez que o atacante brasileiro perde o título da competição desde que chegou a Paris, em agosto de 2017. Ele, aliás, desperdiçou um pênalti ainda no primeiro tempo.

Com os dois resultados, o Lille finalizou sua campanha no topo da tabela com 83 pontos. O time de Mauricio Pochettino, por outro lado, ficou com 82.

PARTIDA

O jogo do PSG começou com muita chuva no estádio Stade Francis-Le Blé, em Brest, fato que gerou uma série de faltas e poucas chances de gols nos primeiros minutos.

Com mais posse de bola, os visitantes começaram a dominar a partida aos poucos e, aos 17 minutos, Di María foi derrubado pelo volante Faivre dentro da área. O árbitro marcou pênalti.

Neymar chamou a responsabilidade e pegou a bola. Pouco antes da cobrança, no entanto, o goleiro Larsonneur ousou e se posicionou em um dos cantos do gol.

A tática surtiu efeito, e o camisa 10, ao tentar deslocar o goleiro, chutou a bola cruzado para fora. O lance aconteceu aos 18 minutos do primeiro tempo.

Aos 36 minutos, o PSG abriu o placar com um golaço após cobrança de escanteio de Di María. O argentino cruzou para a área e a bola desviou em Faivre, surpreendendo Larsonneur - o gol foi creditado como contra do volante.

O problema é que, poucos minutos depois, o Lille, que já vencia o Angers por 1 a 0, ampliou o placar com Yilmaz, de pênalti.

A etapa final começou bem diferente do que foi o início do 1° tempo, com boas chances para PSG e Brest.

Aos 13 minutos, Di María surgiu mais uma vez na bola parada. O meia cobrou falta muito perto do gol do time mandante, que respondeu sete minutos depois com Charbonnier, que parou no goleiro Navas.

Mbappé, que até então se mostrava consideravelmente discreto na partida, resolveu aparecer. O francês recebeu passe em profundidade e, depois de driblar goleiro e zagueiro, finalizou para o gol: 2 a 0.

Lille

Se a situação do PSG foi dramática, o Lille pode dizer que sua partida contra o Angers foi vencida com tranquilidade.

O time, que voltou a conquistar o Francês depois de dez anos, abriu o placar com Jonathan David após ótima jogada de Renato Sanches. O Lille ampliou ainda no 1° tempo, com Yilmaz cobrando pênalti e esfriando o ritmo da partida desde então.

O Angers ainda diminuiu o placar no minuto final do jogo, mas não foi o suficiente para reagir e empatar.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir