Cidadeverde.com
Esporte

Brasil despacha a Bélgica com facilidade e vira vice-líder da Liga das Nações

Imprimir

Embalada, entrosada e eficiente, a seleção brasileira feminina de vôlei fez mais um bom jogo e não encontrou dificuldades para superar a Bélgica por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/16 e 25/17, nesta segunda-feira, em Rimini, na Itália. Foi a sétima vitória da equipe em oito partidas disputadas na Liga das Nações.

Beneficiado pela derrota da Turquia para a República Dominicana, o Brasil assumiu a vice-liderança da Liga da competição, atrás apenas dos Estados Unidos, única equipe a derrotar as brasileiras até aqui. As quatro seleções primeiras colocadas estarão na fase final do torneio.

O time treinado por José Roberto Guimarães volta à quadra nesta terça-feira, às 11 horas, diante da China.

Tandara virou 18 bolas e foi a protagonista da partida. Gabi, com 11, também se destacou em um jogo em que a seleção brasileira pouco errou, especialmente no ataque, mostrou evolução e deu mais uma mostra de que está no caminho certo antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A equipe dominou quase todos os fundamentos. Foi bem no passe, saque, bloqueio e quase não falhou na defesa e no ataque.

Camila Brait foi segura defensivamente durante toda o confronto e Rosamaria, que entrou no decorrer da partida, aproveitou novamente a chance que ganhou, reforçando que tem vaga no elenco que vai a Tóquio.

O Brasil não perdeu o controle da partida, foi organizado e entrosado. No primeiro set, teve alguns momentos de desatenção, superados, no entanto, rapidamente. Na segunda parcial, chegou a abrir 7 a 2 e dominou completamente as belgas. 

No terceiro set, embora tenha passado por alguma dificuldade, manteve o embalo, fez a vantagem disparar no fim e fechou o triunfo aproveitando um erro da Bélgica.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

 

Imprimir