Cidadeverde.com
Geral

Na Uespi, 400 disciplinas estão sem professores e reitoria garante teste seletivo

Imprimir

Foto: Divulgação/Ascom - Uespi

Quase 400 disciplinas ofertadas na Universidade Estadual do Piauí (Uespi) estão sem professores para ministrá-las atualmente. A estimativa é do sindicato dos docentes da instituição (Adcesp), que aponta que, mesmo com a pandemia da covid-19, a problemática segue sem uma solução por parte da reitoria e do governo do Estado. 

Além das disciplinas descobertas, o sindicato também afirma que há um déficit  de pelo menos 700 professores na instituição e cobra a realização de um concurso público para o preenchimento da demanda. 

Para denunciar a situação, o início do novo período letivo na próxima segunda-feira, 14 de junho, será marcado pela retomada da campanha 'Sos Uespi'. Professores, alunos e servidores pretendem cobrar do poder público solução para os problemas da instituição. 

"A gente quer chamar atenção, no dia inicio do período letivo, e relançar a campanha para mostrar essa situação de degradação em que estamos vivendo na Uespi. A gente quer iniciar com um resgate histórico do que foram as lutas e apresentar para a sociedade e para a comunidade uespiana as lutas que vamos pautar agora, que são praticamente as mesmas, como concurso público, autonomia financeira, assistências estudantil e outras pautas. A ideia é dizer que, depois de anos, nada mudou", explicou o professor Antônio Dias, coordenador de comunicação da Adcesp. 

O relançamento da campanha 'Sos Uespi' deverá acontecer através de uma live na segunda-feira. Outras ações, nos campis da capital e do interior, também estão sendo programadas para apresentar as demandas da comunidade acadêmica da instituição. 

Reitoria confirma déficit e prepara seletivo

Por meio da assessoria de comunicação, a reitoria da Universidade Estadual do Piauí confirmou o déficit de professores na instituição e anunciou que um teste seletivo para 198 vagas deve ser lançado em breve para ajudar a suprir a demanda.

Veja nota da Uespi:

A Universidade Estadual do Piauí esclarece que fez concurso para professor efetivo em 2017, os aprovados foram chamados em 2018 e, atualmente, nos quadros da instituição constam 956 docentes efetivos, mas que ainda existe um déficit de professores e, consequentemente, disciplinas estão em aberto. 

A Adm. Superior sempre está em tratativas com o Governo do Estado para a realização de um concurso para docente do quadro permanente, mas em função da pandemia provocada pela COVID e das leis federal e estadual que impedem a realização de concursos públicos (exceto para as áreas de saúde e segurança), o que foi acordado, neste momento, foi a realização de um processo seletivo para professores substitutos .

Sabemos da importância da nossa UESPI e estamos sensíveis e trabalhando juntamente com o Estado para minimizar as necessidades da nossa instituição  em todos os âmbitos e em todos os campi.

 

Natanael Souza
[email protected]

 

Imprimir