Cidadeverde.com
Esporte

Espanhol Gil Manzano irá arbitrar a Copa América

Imprimir

Foto: Cadenaser.com

O árbitro espanhol, Jesus Gil Manzano, se destaca na lista de mais de 60 escolhidos pelos organizadores da Copa América para oficializar os 28 jogos a serem disputados no Brasil a partir de 13 de junho.

"Pela primeira vez" árbitros europeus foram nomeados para o torneio mais antigo da seleção nacional do mundo "graças a um acordo de cooperação entre a CONMEBOL e a UEFA", explicaram os promotores da competição.

A principal novidade será a presença do espanhol Gil Manzano, que terá como assistentes nas bandas de seus compatriotas Diego Barbero Sevilla e Angel Nevado Rodriguez, desde o VAR até Ricardo De Burgos e Jose Luis Munuera Montero.

Gil Manzano é um árbitro da FIFA desde 2014, quando se tornou o árbitro internacional espanhol mais jovem da história, com apenas 29 anos.

Com seu cartel de árbitros já definido, a maior competição internacional sul-americana irá proporcionar uma grande movimentação ao mundo das apostas esportivas, atraindo a atenção de fãs do futebol e apostas para estas novas oportunidades em competições futuras. Muito dos apostadores mais assíduos utilizam o aplicativo de apostas, Wanna, uma plataforma que permite ao usuário dar palpites e discutir sobre quais times podem conquista a Copa América.

Os demais árbitros de campo escolhidos para apitar os 28 jogos do torneio são os argentinos Nestor Pitana e Patricio Loustau; o boliviano Gery Vargas; os brasileiros Wilton Sampaio e Raphael Claus; Roberto Tobar, do Chile; Wilmar Roldan e Andrés Rojas, da Colômbia; Guillermo Guerrero, do Equador; Eber Aquino, do Paraguai; Victor Hugo Carrillo, do Peru; Esteban Ostojich, do Uruguai; e Alexis Herrera, da Venezuela.

Além desses 14 árbitros centrais, a chamada é completada por 22 árbitros assistentes, 16 árbitros VAR, mais 4 outros árbitros e 10 assistentes de apoio.

A Copa América já está encaminhada para seu início e muitos torcedores estão ansiosos pelo evento. Grandes competições como essa levam ainda mais relevância para as casas de apostas, que já têm uma forte presença nos mercados globais e regionais, atuando com parcerias que podem levar o melhor em apostas aos clientes, inclusive, no Brasil isso já está acontecendo, segundo o site iGaming Brazil no artigo “Cerca de 60% dos times de futebol do país possuem parcerias com casas de apostas”. 

Da Redação
[email protected]

Imprimir