Cidadeverde.com
Geral

Quatro abrigos de idosos já registraram surto de covid em Teresina, alerta MP

Imprimir
Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 
 
Pelo menos quatro abrigos de idosos de Teresina já registraram surto de covid-19 ao longo dos últimos meses de pandemia. A informação é do Ministério Público Estadual, que instaurou um procedimento para acompanhar a situação e identificar possíveis irregularidades no controle do novo coronavírus nos locais que abrigam idosos na capital. 
 
Além da Casa Frederico Ozanam,  onde idosos e funcionários testaram positivo para a Covid-19 no final do último mês de maio, também já registraram surtos da doença os abrigos Nosso Lar, Manain e São José. 
 
De acordo com a promotora Marlúcia Gomes Evaristo, todos os abrigos de idosos localizados em Teresina passaram por fiscalizações recentemente. O objetivo do MP é garantir a segurança sanitária e evitar novos casos de contaminação. Atualmente, cerca de 270 idosos vivem em abrigos na capital.
 
Uma das ações alcançadas pelo Ministério Público foi a retomada de um local para receber os idosos institucionalizados que foram diagnosticados com a covid-19. 
 
"A Semcaspi já disponibilizou um local no bairro Socopo, onde a FMS vai atuar em conjunto. Todas às vezes que algum idoso aparecer positivado vai ser levado para esse local para receber todo o atendimento. Foi uma intervenção feita pelo Ministério Público. Conseguimos que voltasse o que era feito no hospital de campanha do Lar da Fraternidade, que foi extinto", explicou a promotora. 
 
O trabalho de acompanhamento do Ministério Público deve durar até o final da pandemia da covid-19. "Nós instauramos um procedimento de acompanhamento das políticas públicas voltadas para as pessoas idosas durante a pandemia. Esse procedimento só vai ser encerrado quando disserem que a pandemia está controlada. Enquanto não for, ele vai continuar", garantiu Marlucia Evaristo. 
 
 
 
 
Natanael Souza
Imprimir