Cidadeverde.com
Geral

Policial Civil é expulso após acusações de estupros, violência física e sexual

Imprimir

Foto: arquivo Cidadeverde.com

O agente da Polícia Civil do Piauí, Francisco Antônio Teixeira Lima, foi expulso após fim do processo administrativo disciplinar que apurava conduta funcional irregular. Contra ele, pesavam as acusações de abuso sexual a uma criança de sete anos, bem como uma condenação criminal transitada em julgado por violência física e sexual. 

A demissão foi publicada no Diário Oficial do último dia 27 e seguiu todos os atos de instrução processual. No julgamento, o governador Wellington Dias seguiu a decisão da Comissão Processante que também se manifestou pela demissão do servidor. 

"Comprovadas a autoria e a materialidade da infração disciplinar que incompatibiliza o servidor para o exercício da função policial, em especial, pela natureza hedionda do crime cometido, e em obediência ao disposto no art. 152, § 1º, da Constituição Estadual, bem como aos arts. 2º, XVIII e 15, IV, ambos da Lei Complementar Estadual nº 56/2005, a Comissão Processante e o Parecer PGE/CJ-351/17-LT concluíram pela demissão do cargo de Agente de Polícia Civil", diz a decisão. 

Além dos crimes anteriores, na semana passada, o policial foi denunciado na Delegacia de Maricá, no Rio de Janeiro, por suspeito de estupro contra uma neta de 14 anos.  

O Cidadeverde.com tentou falar com o policial, mas não foi localizado. O portal deixa espaço aberto para esclarecimentos. 


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir