Cidadeverde.com
Política

Mesa Diretora veta proposta que muda regras da eleição para conselheiro do TCE

Imprimir

Atualizada às 10h55

Na reunião na Mesa Diretora  da Assembleia Legislativa, os deputados recusaram a proposta que impedia os deputados-candidatos de votarem na eleição para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). 

O Cidadeverde.com apurou nos bastidores que, entre os membros da mesa, foram contra a proposta os deputados: Evaldo Gomes, Franzé Silva, Gustavo Neiva, e Júlio Arcoverde. O presidente da Assembleia, Themístocles Filho, votou a favor. 

Já a deputada Flora Izabel (PT), uma das candidatas na eleição do TCE, seria a única abstenção durante a discussão da mesa diretora na manhã desta quinta-feira.

Os deputados Lucy Soares (Progressistas) e Carlos Augusto(PL) são da mesa, mas não participaram da eleição.

 

Foto: Ascom parlamentar

Matéria original

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themistocles Filho, já chegou para reunião da mesa diretora da Casa. No encontro, vai ser definido se os deputados-candidatos poderão ou não votar na eleição para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Todos os deputados participam da reunião, mas apenas os membros da mesa diretora podem votar.

Os deputados evitam falar sobre o assunto antes do resultado final. O assunto divide a Casa.

Entre os candidatos, estão Flávio Junior(PDT), José Santana(MDB) e Wilson Brandão (Progressistas), que são contra a mudança. Já a deputada Flora Izabel (PT) é a favor a mudança. 

A Mesa é composta por:

  • Themístocles Filho (MDB) - Presidente 
  • Flora Izabel (PT) - 1ª  Vice-Presidente
  • Coronel Carlos Augusto (PL) - 2º Vice-Presidente
  • Evaldo Gomes (Solidariedade) - 3º Vice-Presidente
  • B. Sá (Progressistas) - 4º Vice presidente
  • Júlio Arcoverde (Progressistas) - 1º Secretário
  • Gustavo Neiva (PSB) - 2º Secretário
  • Franzé Silva (PT) - 3º Secretário
  • Oliveira Neto(Cidadania) - 4º Secretário

A proposta que altera as regras para eleição do novo conselheiro do TCE foi apresentada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Themistocles Filho(MDB). A ideia é que os deputados que forem candidatos à vaga não vão poder votar e terão que declarar abstenção no momento da eleição. 


Flash Lídia Brito
[email protected] 

Imprimir