Cidadeverde.com
Geral

Nos terminais de ônibus, 200 equipamentos são destruídos com prejuízo de R$ 2 milhões

Imprimir
  • estacao1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • estacao5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • estacao4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • estacao3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • estacao2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

 

Relatório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação revela que mais de 200 equipamentos foram depredados ou destruídos nos terminais de ônibus em Teresina nos últimos meses. A prefeitura vai gastar cerca de R$ 2 milhões para a recuperação do material e estruturas. 

Após uma série de depredações e roubos ocorridos nas últimas semanas nas estações e terminais de ônibus da capital, a Prefeitura de Teresina já iniciou a limpeza e reforma desses locais. A previsão é que esse trabalho de limpeza seja concluído em 15 dias, com a recuperação total em até 45 dias. 

“Temos 61 estações e 8 terminais depredados. Tudo deve ficar pronto dentro de 45 dias. Algumas estações estão mais conservadas e devem ficar prontas antes desse prazo, outras estão em situação bem crítica e por isso precisam de todo o prazo”, destaca o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira.

De acordo com o relatório de danos causados por furtos nas estações, divulgado pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), dos equipamentos de ar condicionado, 33 máquinas foram furtadas, 103 tiveram fiação roubada e 33 aparelhos tiveram tubulações furtadas. Além desses equipamentos, 47 cortinas de vidro foram roubadas.  

Ainda segundo a Strans, também foram verificados o furto de luminárias, cadeiras e lixeiras. Ao todo, serão recuperadas 11 estações na avenida Miguel Rosa, dez na avenida Wall Ferraz, cinco na Barão de Gurgueia, seis na avenida Henry Wall de Carvalho, quatro na Avenida Industrial Gil Martins, cinco na João XXIII, 12 na avenida Presidente Kennedy, quatro estações na Duque de Caxias e quatro na Rui Barbosa.

Na estrutura física dessas estações, o relatório da Strans apontou danos na cobertura metálica e nos forros de alguns locais causados pelas ações dos furtos. 

O secretário Edmilson Ferreira também destacou que a Guarda Civil Municipal está atuando no sentido de evitar novos casos de vandalismo nas estações e terminais de ônibus da capital.  

Depois de nova estrutura e limpeza da PMT

Rebeca Lima
[email protected]

Imprimir