Cidadeverde.com
Geral

Suposto executor do PCC é preso em boate na zona Leste de Teresina

Imprimir

Foto:reprodução

Operação policial do 13º Distrito Policial, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com apoio do 5º Batalhão da Polícia Militar, resultou na prisão de Allisson Negão, 24 anos, suspeito de integrar a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). O jovem curtia festa em uma boate na zona Leste de Teresina quando a Polícia Civil cumpriu mandado de prisão contra ele, na noite desta sexta-feira (17). 

Segundo as investigações policiais, Allisson Negão é um dos agentes do PCC e age, principalmente, na zona Norte de Teresina. O delegado Odilo Sena, do 13º DP, contou ao Cidadeverde.com que o preso é de “alta periculosidade” e acusado de vários homicídios, além de ter “fortes indicativos” de participar de roubos e tráfico de drogas.

Ainda de acordo com o delegado Odilo, Allisson Negão tinha a "função hierárquica" de executor dentro da  facção criminosa. 

Uma das funções dele na facção era matar. Matava os desafetos da facção. Extremamente perigoso. Ele foi preso em uma boate, mais precisamente no banheiro da boate, onde foi cercado. Não tinha como fugir, nem como oferecer algum tipo de resistência. Foi efetuada a prisão e  ele está à disposição da justiça e espero que fique muito tempo lá. Essa operação foi solicitação do DHPP que nos pediu ajuda para que a gente localizasse e efetuasse a prisão desse sujeito”, conta o delegado Odilo.

 


Da Redação
[email protected] 

Imprimir