Cidadeverde.com
Política

Wellington Dias afirma que esperava capacidade de diálogo com Ciro Nogueira

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

O governador Wellington Dias (PT) fez uma comparação entre o ex-ministro da Saúde, o senador Marcelo Castro (MDB), e o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira. No domingo (26), o petista protagonizou um embate com Ciro, após o ministro sugerir que ele costuma utilizar o termo “o lado bom” quando quer mentir. 

Wellington Dias frisou que nunca na história do Brasil um ministro havia demonstrado tal postura e acrescentou que esperava capacidade de diálogo. Como referência citou Marcelo Castro, que já comandou a pasta da Saúde, durante o Governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e que, segundo ele, mantinha uma boa interlocução com diferentes líderes políticos. 

“Se a gente olhar na história do Brasil, variados presidentes e ministros, a gente não encontra algo parecido. Então, o que se espera das autoridades é uma capacidade de diálogo para integração e trabalho. O Marcelo Castro foi ministro da Saúde e trabalhou com diversos partidos, atendendo todas as lideranças. O que quero dizer com isso é que independente de quem seja o ministro, o cargo é uma exigência da sociedade”, pontuou. 

Ainda no domingo (26), Dias retrucou a publicação de Ciro na rede social, postura que quase nunca adota diante ataques que sofre do opositor. Ao Cidadeverde.com o chefe do Executivo explicou porque decidiu respondê-lo: 

“Eu quero apenas manter o respeito pelas pessoas. A política não pode ser uma arte da guerra, uma arte de ofensas. Ela é de somar de dar soluções para os problemas do povo”, completou.


Flash Paula Sampaio 
[email protected]
 

Imprimir