Cidadeverde.com
Últimas

Com lojistas, Strans fala em "transporte seletivo" e que vai dobrar frota de ônibus

Imprimir

Fotos:Sindilojas

O superintendente da Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, major Cláudio Pessoa, informou aos lojistas de Teresina que no próximo mês a prefeitura pretende dobrar a frota de ônibus. 

Cláudio Pessoa esteve reunido com representantes do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Piauí (Sindilojas). No encontro, o diretor-geral da Strans informou que a prefeitura trabalha com o chamado "transporte seletivo" para ajudar a movimentar economia na cidade. 

O Sindilojas cobrou celeridade para resolução da grave crise que se arrasta no transporte público de Teresina. O presidente da entidade, Tertulino Passos, argumentou que funcionários do comércio e clientes estão sofrendo para se deslocarem até as lojas e a escassez de ônibus prejudica as vendas, que segundo ele, sofreram quedas significativas nos últimos meses. 

O presidente do Sindicato avaliou a reunião com a Strans como “produtiva” e disse que foi lhe foi informado que a partir de 1º de outubro haverá uma maior quantidade de ônibus circulando.

"O superintendente disse que tem 150 ônibus circulando hoje e a partir de outubro vai ter o dobro de ônibus circulando. Vamos aguardar para ver se isso se confirma.  Ele explanou as dificuldades que o sistema de transporte público de Teresina está enfrentando e das ações que estão sendo executadas pela Prefeitura mediante esse assunto. Acredito que esse é o momento de todos darmos as mãos e fazer um trabalho conjunto para que possamos ter um transporte mais eficiente e de qualidade ou pelo menos que possam trazer os usuários, seja ele o colaborador ou nossos clientes para dentro das lojas", disse.

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

Na reunião o superintendente Cláudio Pessoa disse aos lojistas que existe a possibilidade das operadoras do sistema de transporte coletivo fazerem o chamado “transporte seletivo” para os trabalhadores do comércio.  Esta modalidade funcionou em Teresina no auge da pandemia de Covid-19 e transportou apenas trabalhadores da saúde da linha de frente contra a Covid. 

“Na conversa tratamos de possibilidades. O transporte seletivo é uma modalidade de transporte público onde você trabalha por nichos. Pode ser para o público específico que trabalha na área da saúde, setor de compras, administrativo. Há linhas específicas para públicos específicos. É uma modalidade que já está prevista até no próprio contrato, dependendo da especificidade. Apresentamos a possibilidade do transporte seletivo ou a utilização dos próprios transportes coletivos que estão retomando seu fluxo regular, na medida em que está havendo por conta do governo do Estado e do município a liberação de algumas atividades. Acreditamos que em futuro próximo teremos a regularidade e a prestação do serviço adequado pelos operadores do sistema e, consequentemente, a retomada da atividade comercial em sua plenitude no município", disse o superintendente da Strans.

 

Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir