Cidadeverde.com
Geral

Nova minuta da Strans gera impasse com empresários de ônibus e inviabiliza acordo

Imprimir

Foto: Roberta Aline

Os representantes do Consórcio SITT (Sistema de Integração do Transporte de Teresina) divulgaram uma nota na manhã deste sábado (2) informando que foram surpreendidos com alteração na minuta do acordo com a Prefeitura de Teresina. 

Os empresários de ônibus afirmam que a Prefeitura de Teresina modificou itens da minuta, inviabilizando um acordo previsto para assinar na segunda-feira (4).

“Lamentamos que a Prefeitura tenha levado todos esses dias para analisar juridicamente a última minuta pactuada e somente hoje tenha nos retornado com várias desconsiderações aos termos já anteriormente acordados”, diz o comunicado.

O empresário Marcelino Lopes informou ao portal Cidadeverde.com que na segunda-feira (4) os representantes dos Consórcios de ônibus irão se reunir para analisar a proposta da prefeitura. 

“Houveram mudanças significativas do acordo que foi firmado da última reunião. Eu vi nos veículos de comunicação que o prefeito iria assinar um acordo na segunda (4), diante dessas mudanças fica difícil assinar qualquer acordo, mas vamos continuar dialogando”, disse Marcelino Lopes.

Os representantes dos consórcios receberam a nova minuta ontem à tarde. Eles alegam que foi acordado uma coisa e a minuta diz outra. A última reunião ocorreu no dia 23 entre os representantes do SITT e o secretário de Planejamento, João Henrique Sousa e o superintendente da Strans, major Cláudio Pessoa. Os empresários tinham enviado uma planilha de custo e a Strans estava fazendo o cruzamento de dados.

O Cidadeverde.com apurou que o impasse se refere ao pagamento da dívida anterior e um auxílio temporário para as empresas voltarem a frota 100%.

A prefeitura por volta das 12h30 divulgou nota: 

A STRANS informa que, em respeito a todos os envolvidos no processo de solução das questões pertinentes ao transporte, as avaliações documentais são técnicas e exigem o cuidado e o respeito necessários ao deslinde da demanda em apreço. A STRANS informa que envida esforços pautados na ética e na moral e nos principios que regem a administração pública para solucionar as questões que envolvem o transporte público em respeito ao usuário do serviço.

Veja à integra nota dos empresários de ônibus: 

O Consórcio SITT foi informado no final da tarde desta sexta-feira (1) dos novos termos inseridos na minuta de acordo, que vinha sendo negociada há mais de 40 dias com a Prefeitura de Teresina. 

Infelizmente, o conteúdo desta nova minuta do acordo, que já estava praticamente aprovado pelas partes, desde o final da semana passada, foi bastante modificado e, em vista desta nova situação, tornou-se necessário o SITT se reunir com as concessionárias para avaliação deste novo documento. A previsão é de que isso só ocorra na próxima segunda-feira (4). 

Lamentamos que a Prefeitura tenha levado todos esses dias para analisar juridicamente a última minuta pactuada e somente hoje tenha nos retornado com várias desconsiderações aos termos já anteriormente acordados.

Essa lentidão, parteana, que vem sendo dedicada ao tema, por parte da Prefeitura de Teresina, tem contribuído sobremaneira para a deterioração do sistema de transportes urbanos em Teresina.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir