Cidadeverde.com
Política

Jeová aconselha Prefeitura a não firmar acordo com empresas do transporte

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar (MDB), voltou a defender nesta quarta-feira (06) o rompimento de contrato entre Prefeitura e empresários do transporte público. O parlamentar defendeu que firmar um acordo entre as partes seria inviável, pois segundo ele, os empresários não iriam cumprir com o que foi acordado. 

“A melhor saída seria um acordo em que ambas as partes pudessem honrar. Tenho certeza que a Prefeitura honra, mas os empresários não vão honrar”, avaliou. 

Jeová Alencar tem defendido firmemente que uma nova licitação seja lançada a fim de que outras empresas tenham condições de se estabelecerem na capital. 

Segundo o vereador, parte das empresas que compõem os quatro consórcios do transporte público já não possuem condições para atender a demanda da população. 

“São poucos que ainda tem ônibus, que ainda tem garagem. O Consórcio Poti, por exemplo, tem empresários que nem ônibus tem, vimos empresas que vieram tomar os ônibus na madrugada porque não pagaram, vão atrás de veículos sucateados para colocar em Teresina. Por isso que digo que não tem possibilidade de fazer acordo”, explicou o posicionamento. 

Ao longo desta semana membros do Palácio da Cidade, por meio da Superintendência Municipal de Transportes (Strans) e Procuradoria do Município (PGM) tem realizado reuniões com o grupo empresarial para chegar a um consenso. Sem sucesso até o momento.


Flash Paula Sampaio
[email protected] 

Imprimir