Cidadeverde.com
Política

Ex-estagiária de Lewandowski é alvo de busca da PF

Imprimir

Foto: Carlos Humberto/ SCO/ STF

A Polícia Federal cumpre na tarde desta quinta-feira (7) um mandado de busca e apreensão em um endereço de Tatiana Garcia Bressan, 45, ex-estagiária do gabinete do ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal).

A ação foi ordenada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, no âmbito do inquérito das fake news.

Como mostrou o jornal Folha de S.Paulo, mensagens em posse da CPI da Covid sugerem que o influenciador bolsonarista Allan dos Santos tratou a então estagiária como uma informante dentro do STF.

Além da busca, a ex-estagiária também foi intimada e presta depoimento na PF.

Tatiana Bressan estagiou no gabinete de Lewandowski entre 19 de julho de 2017 e 20 de janeiro de 2019.

Nas conversas com o bolsonarista, Tatiana relata ter dificuldade em trabalhar com o Lewandowski, mas diz que está "lá para aprender".

A informação, segundo o relatório da PF, "naturalmente desperta o interesse de Allan", que pede a colaboração de Tatiana.

"Fique como nossa informante lá", diz o blogueiro, cerca de duas horas depois do início da conversa. A estagiária responde prontamente: "Será uma honra. Estou lá kkk".

Fonte: CAMILA MATTOSO-Folhapress

Imprimir