Cidadeverde.com
Política

Não tem perigo, diz Regina Sousa sobre disputar o Karnak em 2022

Imprimir

A vice-governadora Regina Sousa (PT) garantiu nesta segunda-feira (25) que não vai disputar a reeleição, caso ela assuma o Palácio de Karnak em abril de 2022. Segundo ela, “não tem perigo” disso acontecer, já que seu partido já discutiu o nome do secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, para disputar a sucessão do governador Wellington Dias.

“Eu só poderia ser candidata a governadora, pela lei. Não sou candidata a governadora. Não tem esse perigo. O PT discutiu o nome do Rafael e na hora certa vai lançar o Rafael. A base está aceitando bem o Rafael. Não tem motivo para criar tumulto nenhum. Na hora certa a gente vai lançar o nosso pré-candidato”, disse a vice-governadora em entrevista à TV Cidade Verde.

Caso assuma mesmo o governo, Regina afirma que manterá o trabalho deixado por Wellington Dias, mas imprimindo sua marca. 

“Não é um novo governo, eu vou governar dentro do plano que aprovamos. Vamos continuar as coisas que tem para fazer e fazer. Claro que quero aplicar umas marquinhas mais femininas. Eu quero mulher fazendo mamografia. Tem umas carretas que vou reativar. Apressar essas questões. Quilombolas e indígenas tenham tratamento melhor, ou seja, o pobre vai ter mais vez”, declarou., ressaltando que não é bicho papão e que cumprirá o seu papel.

“Não procurem o Wellington em mim. Eu tenho o meu jeito, mas não sou bicho papão não. Eu converso com todo mundo. Vou cumprir o papel de governadora. Meu não é não e meu sim é sim”, afirmou.

Foto: Yala Sena

Da Redação
[email protected]

Imprimir