Cidadeverde.com
Entretenimento

Prefeitura de Teresina decide cancelar festas de fim de ano e carnaval

Imprimir

Foto: Arquivo/ Cidadeverde.com 

A Prefeitura de Teresina anunciou na manhã desta quinta-feira (02) que a capital não terá um calendário de festas de final de ano e de carnaval em 2022. A medida foi orientada pelo Comitê de Operações Emergenciais (COE) e vai ser adotada como forma de prevenção ao novo coronavírus.

Em 2022, pelo segundo ano consecutivo, o tradicional Corso de Teresina também não deve ser realizado. 

"Mesmo com um percetual de mais de 84% da população vacinada com as duas doses da vacina contra o coronavírus, não terá um calendário de comemorações de festas de final de ano e de carnaval em 2022 como forma de medida preventiva contra o coronavírus", diz a nota da prefeitura. 

O Palácio da Cidade destaca ainda que segue as orientações do Comitê de Operações Emergenciais (COE) do município, que se reúne constantemente a fim de avliar o cenário da pandemia. 

Veja a nota na íntegra:


A Prefeitura de Teresina informa que mesmo com um percetual de mais de 84% da população vacinada com as duas doses da vacina contra o coronavírus, não terá um calendário de comemorações de festas de final de ano e de carnaval em 2022 como forma de medida preventiva contra o coronavírus.

O poder público municipal segue as orientações do Comitê de Operações Emergenciais (COE) do município, que se reúne constantemente a fim de avaliar o cenário da pandemia a nível mundial.

A prefeitura está de acordo com normas sanitárias que exigem comprovante de vacinação e máscaras para acesso aos eventos públicos.

Blocos 

Nos últimos dias, alguns dos blocos carnavalescos mais tradicionais de Teresina já haviam anunciado que não realizarão atividades em 2022, também por causa da pandemia da covid-19 e dos riscos da nova variante Ômicron.

A direção do bloco Sanatório Geral, que é realizado na Praça da Liberdade, argumentou que não terá como cumprir todos os protocolos de segurança, uma vez que o evento é aberto ao público. 

Já os blocos Capote da Madrugada, Pinto da Morada e Barão do Itararé manifestaram preocupação com os riscos de contaminação pelo novo coronavírus durante as atividades carnavalescas; 

 

 

 

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir