Cidadeverde.com
Política

Governador critica fala de Bolsonaro sobre vacinação de crianças

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

O governador Wellington Dias (PT) classificou nesta quarta-feira (22) como “impensável” a postura do presidente Jair Bolsonaro (PL) que se colocou contra e criticou a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a vacinação contra a Covid-19 para crianças acima de 5 a 11 anos no Brasil. 

“É impensável. Eu que ele como pai e avô e como todos os outros pais e avós, ninguém quer perder ninguém, imagine perder uma criança. Pessoas perderam crianças. ‘Ah, mas o número foi baixo’. Foram 123 crianças que poderiam entre nós com uma vida cheia de energia que a gente perdeu agora a condição de uma solução. Lá atrás não tinha vacina adequada, agora tem”, declarou o governador. 

Bolsonaro afirmou recentemente que exigirá da Agência Reguladora um protocolo sobre possíveis efeitos colaterais e chegou a anunciar também que iria divulgar os nomes dos técnicos responsáveis pela recomendação. A última semana foi marcada por ameaças feitas por aqueles que se opõe as vacinas contra os profissionais do órgão. 

Governador cobra posição 

Wellington Dias cobrou também o apoio de outros gestores para seja realizada a vacinação de crianças a partir de cinco anos. O petista defende que a imunização deste grupo é um dos fatores que poderá abrir caminho, inclusive, para se dê início ao processo de reconhecimento do fim do estado de pandemia no Brasil. 

“Assim como os medicamentos, são feitas com uma dosagem apropriada para adultos e crianças. Então, quanto mais opções de vacinas para alcançarmos todas as crianças nessa fase que a ciência recomenda, tem que ter o apoio de quem é presidente, de governador, de quem é prefeito, de qualquer pessoa independente de cargo”, frisou. 

As declarações do chefe do Executivo foram dadas durante uma visita à Casa do Oleiro, zona Sudeste de Teresina. No evento, o petista esteve acompanhado da deputada Rejane Dias (PT), que fez o anúncio da destinação de emendas para a compra de um veículo a instalação que cuida de dependentes químicos em Teresina. Estiveram presentes também os deputados Gessivaldo Isaías (Republicanos) e Carlos Augusto (PL).

Foto: Paulo Barros/Ccom 

 

Flash Paula Sampaio
[email protected] 

 

 

Imprimir