Cidadeverde.com
Últimas

Estações de ônibus são depredadas dias após conclusão de reforma em Teresina

Imprimir

Foto:Divulgação/Saad Centro

 

A Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) informou que três, das 12 estações de ônibus reformadas recentemente foram depredadas dias após a conclusão da reforma na zona Leste de Teresina.

É o caso da parada que está localizada na Avenida João XXIII, próxima a ponte Juscelino Kubitschek, que foi alvo de vandalismo na última sexta-feira (4), onde foi realizado um buraco no forro e a pintura nova foi danificada.

O superintendente Roncalli Filho, da Saad Centro, informou que estão tendo dificuldade em manter a preservação dessas paradas devido as depredações.

“Estamos trabalhando constantemente para a manutenção e limpeza de diversos espaços públicos da nossa cidade, inclusive, para a recuperação das estações, no entanto, em razão de vândalos estarem trabalhando contra nossa gestão, estamos tendo essa dificuldade”, disse o superintendente.

Foto:Divulgação/Saad Centro

A superintendência acredita que os vândalos estão danificando os forros com o objetivo encontrar fios, mas como não encontram nada, acabam saindo sem levar nenhum material.

Na recente reforma que está sendo realizada nas estações de ônibus, elas estão recebendo pintura, recuperação de forros, vidros novos, bancos e lixeiras, além da limpeza. A previsão de conclusão é para março deste ano.

A Saad Centro está trabalhando na recuperação por meio de um acordo de cooperação da com a Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste.

Denúncia

A Saad pede que a população denuncie sempre que constatar algum tipo de depredação. É possível fazer uma denúncia anônima, por meio do número 153, para a Guarda Municipal, que é a responsável pela segurança do patrimônio da cidade.

“Pedimos que a população nos ajude e denuncie ao presenciar suspeitos cometendo depredação das paradas. Você estará ajudando a cidade, uma vez que se trata de um espaço público que pode ser usado por todos”, afirmou Roncalli Filho.

Da Redação
[email protected]

Imprimir