Cidadeverde.com
Geral

Campanha busca promover participação de mulheres na educação no campo

Imprimir

Com o intuito de fortalecer a participação de mulheres nas Escolas Família Agrícola (EFAs) do Piauí, a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF/PI) lança, nesta terça-feira (15), a campanha “Quanto Mais Muié, Mió!”. O evento será realizado, às 18h, de modo virtual. A transmissão Ao Vivo será pelo canal do YouTube da SAF/PI em parceria com a Ubiqua. A campanha tem o apoio do Projeto Viva o Semiárido, financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida).

A campanha terá um caráter informativo, propondo um debate sobre o protagonismo das mulheres no ensino técnico agropecuário. A secretária de Estado da Agricultura Familiar, Patrícia Vasconcelos, conta que a campanha surgiu a partir da observação de um contexto escolar marcado pela baixa participação de mulheres nas escolas agrícolas.

“As mulheres já desempenham um papel fundamental na agricultura familiar. Sempre foram muito participativas e têm atuação decisiva na vida das comunidades rurais. No entanto, ainda existem muitas barreiras a serem vencidas, uma delas é a participação das mulheres no ensino técnico, para que elas possam colocar em prática, em suas comunidades, novos aprendizados em agroecologia, manejo animal, agricultura e agroindustrialização”, explica a gestora.

A iniciativa contará ainda com a Busca Ativa, que é a visita em campo das equipes regionais do Projeto Viva o Semiárido (PVSA), em busca de novas matrículas de jovens mulheres com interesse em estudar em escolas agrícolas.

“Ao longo do ano, teremos encontros que vão abordar as questões de gênero, a jornada de trabalho das mulheres e os desafios para garantir uma educação igualitária e cidadã. Neste primeiro momento, o foco será ampliar o acesso à educação técnica, já que estamos em período de matrículas”, conclui Patrícia.

Na programação do lançamento, serão convidadas algumas mulheres egressas de Escolas Agrícolas (EFAs) que poderão compartilhar suas histórias e a importância do conhecimento técnico em suas comunidades rurais. A conferência magna será ministrada pela consultora de gênero do Fida, Conceição Dantas. Além disso, participarão autoridades da SAF, representantes de movimentos sociais, e outros convidados parceiros, como Aefapi, Seduc e Funded.

 

Da Redação 
[email protected]

 

Imprimir