Cidadeverde.com
Esporte

Rincón é o segundo campeão mundial pelo Corinthians a morrer em pouco mais de um ano

Imprimir

O Corinthians viu dois campeões mundiais pelo clube em 2000 morrerem em pouco mais de um ano. Em março do ano passado, morreu o ex-volante Gilmar Fubá. Já nesta quarta-feira (13), o ex-meia colombiano Freddy Rincón veio a óbito após sofrer acidente de carro no início da semana.

Foto - Corinthians - Divulgação

Gilmar Fubá foi vítima de um mieloma múltiplo, um tipo de câncer de medula óssea. Ele morreu aos 45 anos após batalhar contra a doença desde que a descobriu já em estado avançado, em 2016.

Já na madrugada desta quinta-feira, Rincón não resistiu aos ferimentos sofridos no acidente. Aos 55 anos, o ex-meio-campista estava internado desde a manhã de segunda (11) devido a um traumatismo craniano e chegou a ser operado.

Rincón foi titular nos quatro jogos da campanha do Corinthians no Mundial de 2000. Ele fez um gol na fase de grupos. Já na final, converteu o primeiro pênalti do time paulista na disputa contra o Vasco.

Gilmar Fubá só atuou em uma partida naquela competição, justamente na decisão. Ele entrou na reta final do segundo tempo, antes da prorrogação, no lugar de Vampeta.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir