Cidadeverde.com
Geral

Terreno que seria uma praça vira “lixão” e foco de dengue no conjunto Francisco Marreiros

Imprimir
  • 1.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • 2.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • 3.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • 4.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • 5.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com
  • 6.jpeg Renato Andrade / Cidadeverde.com

Moradores e comerciantes do conjunto Francisco Marreiros, no bairro Novo Horizonte, zona Sudeste de Teresina, reclamam do acúmulo de lixo em um terreno onde deveria ser construída uma praça. O local está virando um “lixão” e facilitando a proliferação do mosquito aedes aegypti. 

Um comerciante que prefere não ser identificado conversou com o Cidadeverde.com e lamentou a situação. Segundo o morador que tem um comércio próximo ao local onde o lixo é descartado, são os próprios moradores que fazem o descarte irregular. 

“Alguns deles já deixaram até animal morto. É uma situação horrível para a gente que mora próximo por conta do mau cheiro e do mosquito da dengue. Porque tem chovido muito e ali fica muita água parada. É um perigo”, afirmou o comerciante. 

Outra moradora da região, que também prefere não se identificar, concordou com o comerciante sobre os responsáveis pelo descarte do lixo. 

“Muitos fazem capina nas casas que ficam mais para dentro no bairro e vêm com as carroças despejar aqui. Já reclamei várias vezes e eles sempre dizem que eu não devo falar nada porque não sou a dona da praça”, destacou a moradora. 

Para evitar que o descarte do lixo fosse em frente à sua residência, a mulher plantou algumas plantas e, constantemente, pede para que alguém faça a limpeza da área. 

“Com essas plantas aí eles não jogam lixo. Mas também, se não tivesse, eles jogariam. São os próprios moradores. Não respeitam a gente e se aproveitam porque não há fiscalização”, completou a moradora. 

O policial militar Josias Almeida disse que a construção da praça no local é uma reivindicação antiga dos moradores da região. 

"E de uns tempos para cá começaram a colocar lixo. Esse local se tornou um foco para o mosquito da dengue", destacou o policial militar. 

O terreno fica localizado no conjunto Francisco Marreiro, entre os bairros Vila Lucy, Coronel Carlos Falcão e Loteamento Cidade Verde,  próximo ao bairro Novo Horizonte. 

O que diz a SAAD Sudeste

Por meio de nota, a Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste informou que equipes da Gerência de Obras de Teresina estão produzindo um projeto de reconstrução da praça, que deverá ser apresentado nos próximos meses. Quanto à limpeza da área, a superintendência frisou que equipes da CTA estarão no local na próxima quinta-feira (21) para limpar a área. 

Nota

A SAAD Sudeste, através da gerência de obras, informa que um projeto de reconstrução de praça está em elaboração e será apresentado já nos próximos meses. A gerência de serviços urbanos incluiu a praça e o entorno na programação de limpeza dessa semana e, na próxima quinta (21), as equipes da CTA estarão realizando capina, poda, limpeza e recolhimento de lixo.

 

Nataniel Lima 
[email protected]

Imprimir