Cidadeverde.com
Vida Saudável

Aromaterapia ajuda reduzir dores e sintomas de algumas doenças

Imprimir

Foto: Arquivo pessoal

 

Quando se pensa em melhorar a saúde e o bem-estar, uma boa pedida é recorrer à aromaterapia. Estudos científicos já comprovaram que os óleos essenciais trazem inúmeros benefícios para o nosso corpo, inclusive, ganhos a longo prazo, pois ajudam a proteger e a reduzir, ou eliminar, dores e sintomas de algumas doenças. Um método simples, fácil de administrar e com resultados bastante satisfatórios.

“Os óleos essenciais podem ser utilizados de diversas formas, inclusive por meio da aromaterapia. Isto acontece pois as moléculas desses óleos são captadas pelo nervo olfativo e agem diretamente no cérebro. Portanto, são comprovadamente eficazes para o tratamento de ansiedade, depressão, fome compulsiva e diversas outras questões que rondam a vida de muitas pessoas e que foram intensificadas durante o período pandêmico”, explica a aromatologista Lígia Finotti.


Os tipos mais comuns

Os óleos são encontrados à venda com facilidade em farmácias, lojas de cosméticos e sites especializados. Por isso, existem alguns tipos que são campeões de vendas, como é o caso do óleo essencial de lavanda.

O óleo de lavanda é indicado para pessoas que precisam relaxar e diminuir a ansiedade. Além disso, suas propriedades ajudam a combater a enxaqueca e os sintomas de TPM.

Outro óleo que contribui para o controle da ansiedade e de problemas de humor é o óleo essencial de laranja. “O aroma é intenso e combate, na hora, os hormônios do stress. Reduz, ainda, efeitos colaterais de antibióticos. O óleo essencial de limão é outro recomendado para melhorar o humor”, revela Lígia.

Para dormir melhor, o de camomila romana é um grande aliado. Relaxa e induz ao sono, sendo ideal para quem sofre de insônia. Já o óleo de canela é bom para quem precisa aumentar a concentração e o foco.

Já para náuseas, a especialista finaliza com mais uma dica: “o óleo de hortelã-pimenta é muito eficaz em casos de náuseas. Quem estiver sofrendo com este desconforto, é só usar um pouco que ajuda a passar o mal quase que instantaneamente”.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir