Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR toma gol de calcanhar, vê Pablo errar pênalti e perde para o Libertad

Imprimir

A primeira partida do Athletico-PR na Libertadores sob o comando de Fábio Carille terminou com derrota. O time paranaense foi a campo pela terceira rodada, no Defensores del Chaco, e perdeu por 1 a 0 para o Libertad, depois de sofrer um gol de calcanhar marcado pelo experiente Cristian Riveros, ex-Grêmio, e ver o goleiro Martín Silva, ex-Vasco, defender um pênalti cobrado por Pablo.

Com o resultado, os comandados de Carille conhecem a primeira derrota no torneio continental e ficaram com a segunda colocação do Grupo B, com quatro pontos, três a menos que o Libertad, líder com sete. Caracas e The Strongest, ambos com um ponto, se enfrentam na noite de quarta-feira.

Jogando na casa do adversário, o Athletico conseguiu passar mais tempo com a bola durante o primeiro tempo. Nas vezes em que as jogadas atleticanas terminaram em finalização, contudo, a bola foi para fora.

Já a escassa produção ofensiva do Libertad teve um momento de brilho quando Cardozo obrigou o goleiro Bento a intervir com uma boa defesa.

No segundo tempo, o Athletico teve alguma iniciativa no campo de ataque, mas logo viu o jogo tomar um rumo indesejável.

Quando o cronômetro marcava 11 minutos, o veterano Cristian Riveros, de 39 anos, dominou sem marcação dentro da pequena área e finalizou de calcanhar para marcar um belo gol.

Sem criatividade para criar oportunidades e esboçar uma reação, o time paranaense teve uma grande chance de empatar no momento em que o árbitro marcou pênalti após Diego Vieira ser derrubado na área, aos 32 minutos.

O problema é que Pablo bateu rasteiro no canto direito e viu Martín Silva fazer a defesa.

O Athletico volta a campo no sábado, a partir das 16h30, quando enfrenta o América-MG em Belo Horizonte. O próximo compromisso pela Libertadores é contra o The Strongest, em La Paz, na Bolívia.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir