Cidadeverde.com
Cidades

Bióloga faz alerta após aparecimento de peixe-leão no litoral do Piauí

Imprimir

Um peixe-leão apareceu no mar na região de Barra Grande, no município de Cajueiro da Praia, a 350 km de Teresina, e está preocupando biólogos e pesquisadores, pois é um animal venenoso, que não é natural daquela região.

O peixe-leão possui vários espinhos que são venenosos, que em contato com o ser humano, pode levar a convulsões e até mesmo a morte. O aparecimento do peixe causou surpresa porque ele é natural da região Indo-Pacífico. Além do Piauí, vários peixes-leão já foram retirados do mar no litoral do Ceará. Um pescador chegou a ser hospitalizado após ter contato com o animal, no último dia 18 de abril na praia de Bitupitá, no Ceará. Ele teve convulsões e duas paradas cardíacas. Ficou seis dias internado, mas agora já está bem.

Essa semana um pescador capturou o animal no litoral do Piauí e o vídeo viralizou. Segundo a bióloga Geórgia Aragão, quem avistar o animal, não deve entrar em contato.

“O peixe-leão é considerado um problema para a nossa economia, para a pesca e para o turismo, porque ele tem na sua composição vários espinhos, que são 16 distribuídos pelo corpo, que liberam neurotoxinas, então quando eles entram em contato com os seres humanos, temos algumas reações, como febre, convulsões e muita dor, então caso alguém aviste um peixe-leão pela praia, mantenha distância e não tente pegar, deve informar os órgãos responsáveis que conseguem fazer isso de forma segura como o ICMBio e Corpo de Bombeiros”, explicou.

A bióloga Geórgia Aragão disse que o importante é ter atenção, para evitar qualquer tipo de acidente.

“Não precisa criar pânico, mas como sempre falo, estamos indo para um ambiente, o mar, que tem uma diversidade enorme de organismos e precisamos ter respeito e atenção com o que tem ali, ter atenção é importante e informação de que não se pode tocar nesse peixe de forma alguma, pois pode ser atingido por esses espinhos”, alertou.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]

 

 

Imprimir