Cidadeverde.com
Últimas

Piauiense Eduardo viaja para receber homenagem do Guingamp, ex-clube onde foi campeão francês

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal 

Após 12 anos, Eduardo dos Santos retornará ao Stade du Roudourou, do Guingamp, na França. O atacante piauiense escreveu seu nome da história do clube francês no ano de 2009 ao conquistar a Copa da França e defendeu o clube de 2007 até 2009 está de malas prontas para recontro em especial com os torcedores do clube que demonstram não ter esquecido o peso da passagem de Edu naquele gramado. 

“O presidente do Guingamp já havia falado várias vezes sobre a intenção de me levar para bater o centro em um dos jogos deles em casa, mas eu sempre estava em campeonatos e com problemas para resolver e não deu certo acontecer, mas no último mês ficou mais forte todos os dias eles me ligando e percebi muito essa vontade da parte deles e fiquei com vontade de ir porque uma homenagem assim é sempre muito importante. É o reconhecimento de um trabalho que você fez e fez bem feito eu acho que isso tem muito valor”, disse Eduardo, atacante que hoje defende o Fluminense-PI. 

Foto: En Avant Guingamp

Eduardo até brinca que existe um pouco de mistério por parte do clube sobre sua ida e que até agora contaram apenas que o jogador piauiense irá bater o centro do jogo.  

“Guingamp é um clube que me traz grandes lembranças. Um clube que me deu muita alegria, conquistei títulos importantes. Um dos meus filhos, Lucas nasceu lá que é um menino abençoado que deus colocou na minha vida nasceu em Guingamp também então as lembranças são muito fortes”, relembrou Eduardo. 

Revelado pelo Flamengo do Piauí, no ano de 2001, Eduardo deixou o estado no mesmo ano e logo começou uma carreira solida, longa e marcada por títulos na Europa. Ao total, foram 13 anos fora do país. O piauiense que hoje defende o Fluminense, relembra com muito carinho os momentos com a camisa do clube francês e em especial de ter ajudado e levar o time visto como ‘zebra’ nas competições ao título. Edu, foi campeão da Copa da França em 2009 como protagonista, pois foi autor de dois gols na grande final. 

“Sem falar no título na Copa da França, que foi um dos momentos mais marcantes na minha carreira esse jogo, apesar de já ter sido campeão na Suíça, mas jogava em um grande clube acostumado a está nas finais de campeonato, Guingamp não, era uma zebra que se tornou gigante ao longo da competição e graças a deus consegui entrar na história desse clube e sou querido por lá. Os torcedores e pessoas de lá estão sempre me mandando mensagens”, conta o atacante piauiense. 

Eduardo embarca para França essa semana e ficará cerca de duas semanas a convite do Guingamp e aproveitando os dias para imersão no trabalho realizado por alguns clubes. O Guingamp convidou o atacante para uma série de homenagens. 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir