Cidadeverde.com
Últimas

Em Picos, 25 pessoas com transtorno mental vivem em cárcere privado

Imprimir

Fotos: Paula Monize/cidadeverde.com/picos

Coordenadora do Caps II - Aurilândia Rocha Leal

Uma conduta centenária e que vem sendo combatida nos tempos atuais é o isolamento social de pessoas com transtorno mental. Em Picos, pelos menos 25 indivíduos são mantidos em cárcere privado, segundo dados do Centro de Atenção Psicossocial (Caps II) do bairro Ipueiras.

O Centro é referencial para Picos e mais 19 municípios.

A Lei Antimanicomial, de 06 de abril de 2001, combate essa prática e a estabelece como uma violação dos direitos humanos. 

A coordenadora do Caps II, Aurilândia Rocha Leal, explica que esses números podem ser ainda maior. Ela reforça que os pacientes com transtorno mental podem receber um tratamento em liberdade e de forma digna.

“Os usuários com transtorno mental não eram dignos de viver numa sociedade e eram trancados, ou internados em manicômio. A partir dessa luta antimanicomial é que começaram a existir novas políticas de saúde mental, novos dispositivos como os centros de atenção psicossocial que devolvem a essas pessoas a dignidade de pessoa humana com respeito e liberdade”, pontuou Aurilândia Rocha Leal.

A profissional de Saúde destacou que essa triste realidade ainda esbarra na falta de informação e omissão das famílias.

“Eu costumo dizer que ainda falta informação. Existe o fator cansaço em que a família acha que a melhor forma é trancar, mas ainda precisa a conscientização dos profissionais para fortalecer essa rede de apoio. Além disso, também há muitas famílias que omitem esses casos”, afirmou.

Os Centros de Atenção Psicossocial atuam em parceria com o Poder Judiciário no combate a essa conduta de isolamento das pessoas com transtorno mental. 

Em razão do Dia Nacional de Luta Antimanicomial celebrada no Dia 18 de Maio, a Secretaria de Saúde de Picos através do Caps II vai promover uma programação de atividades. Confira! 

Programação da Semana da Luta Antimanicomial

Na próxima segunda-feira (16) tem início as atividades alusivas à Semana da Luta Antimanicomial. A programação é aberta com a solenidade de abertura, às 10h, na Secretaria Municipal de Saúde.

Na terça-feira (17), às 13h30, será realizada uma atividade de lazer e reinserção social no Piauí Shopping.

Na quarta-feira (18 de Maio) Dia D da Semana Antimanicomial, às 9h, será ofertado ao público um Dia de Beleza no Caps II.


Paula Monize

[email protected]

Imprimir